sábado, outubro 30, 2010

Contos de Fada

Se não tivesse ninguém para acreditar neles, o que seria feito com os pobrezinhos? Os contos de fadas não são apenas histórias fantásticas, são muito mais! São histórias que alegram a infância de muitas crianças, emocionam vários adolescentes e fazer com que muitos adultos voltem a crer na felicidade e que tudo dará certo.

Histórias lindas como Cinderela, Bela e a Fera, e outros contos de princesas. Assim como contos não tão conhecidos, porém extraordinariamente encantadores. Eu realmente acredito que ao ler um conto de fadas podemos nos identificar, em algum aspecto. Eu acho que uma pessoa não vive igual a um conto de fada, mas sim, vive seu próprio conto de fada que consta com fatos de vários outros já relatados.

Viver em um conto não é realidade, não é! Mas não custa fantasiar um pouco de vez em quando, certo? Até porque... fantasiando a felicidade fica mais perto do nosso alcance. Eu acredito que existam pessoas que vivem, ou viveram contos de fadas... sabe, um momento perfeito. Acho que todos já tiveram um, e depende entre cada pessoa. Por exemplo, se o meu momento perfeito tiver sido, sei lá, fazer uma amizade muito boa, e o da Fulaninha foi virar princesa da Inglaterra, bom, isso depende de cada um. Não quer dizer que o meu momento foi inferior ao dela (hipoteticamente falando).

Eu também gosto muito do conto da princesa e o sapo. Sabe, o sapo, que é um bicho feio e repugnante na verdade, lá dentro, é um príncipe maravilhoso e só precisa de alguém (no caso uma princesa) para mostrar quem ele verdadeiramente era. Sei lá, não faz sentido?

Todos precisamos contodefadanizar nossa vida um pouco. Sempre. Pensem nisso. ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário