sábado, outubro 09, 2010

Kilimanjaro

Apelidado por minhas amigas de "kili kili", o kilimanjaro é um toboágua de 50 metros de altura localizado na Barra do Piraí, Brasil. E nós, do 6° ano do Colégio Santo Agostinho, tivemos a oportunidade de disfrutar dele. Para ir no Kilimanjaro era necessário ter uma autorização dos pais. Ao chegar no hotel, os estudantes que tivessem a autorização ganhavam uma pulseira verde. Os que não tinham, não poderiam ir.
Acontece que no final algumas pessoas que não tinham autorização conseguiram ir no toboágua. E todos gostaram muito. Que eu saiba, não teve um que tenha se arrependido de ir. Mas houveram alguns que se arrependeram de não ir. Eu tinha a autorização, e fui 6 vezes. Para quem acha isso muito, bom, não é. Na nossa série tiveram pessoas que foram 15 vezes!
O brinquedo é assim: primeiro vc sobe muitos andares de escada, o equivalente ao toboágua, ou seja, uns 50 metros de escada. Ao chegar lá em cima você já está exausta, com o coração a mil. Na primeira vez, não adianta, vc morre de medo. Vc fica naquela fila e pergunta aos outros que já foram como é. Todos dizem a mesma coisa: "A pior parte é subir a escada". Por mais que na primeira vez vc não acredite, depois de ir vc verá que é verdade, e vai repetir o mesmo para os outros principiantes. Ao entrar no tubo, é tudo escuro, e devagar. Você vai indo com a água, até que vem aquele clarão! Você começa a descer. Essa é a parte com mais adrenalina pois vc desencosta do toboágua e sente o vento fazer pressão sobre vc. É como estar voando, vc não sabe aonde está. Por isso abrir os olhos ajuda, mas eu só tive essa coragem 2 das 6 vezes. Então vc encosta novamente no toboágua. Daí é rapidinho. Porém, na reta final, tem o impacto com a água e dói. Dói muito. Eu estou bastante ralada, e roxa também. E isso porque todas as vezes eu fui de blusa, hein?! Por isso eu mudei minha opinião, a pior parte é a reta final, depois a escada. E a melhor parte é quando vem o clarão, porque se vc abrir os olhos vc vê o parque inteiro, vc sente tudo ao mesmo tempo. Medo, aflição, adrenalina, orgulho de si própria por ter conseguido soltar o cano entre outras coisas que não tenho como descrever. É simplesmente incrível. Outra coisa legal é ver a expressão dos outros quando chegam lá embaixo. E muito engraçado é vc, que já foi várias vezes, chegar lá em cima e ver um monte de pessoas morrendo de medo, que tomam coragem, e depois recuam, que sobem a escada para depois descê-la novamente. E depois passar a frente deles pois vc já passou por essa experiência. Não digo só eu, as mesmas palavras já saíram da boca de outras pessoas, estou apenas repetindo, e concordando. Se você entrar no tubo e demorar para soltar o cano, acredite, as chances de você desistir são muito maiores.
Não tenho mais palavras para dizer o quanto vale a pena enfrentar essa aventura. Quando vc está descendo a única coisa que vc pensa é: fu***. Só. Acho que o único motivo das pessoas irem é ver que os que foram estão vivos. Então asism eu comprovo mais uma das teorias da vida: "o macaco faz o que o macaco vê".

Bob Can Swim

Um comentário:

  1. cara eu concordo com tudo que ela falo ,e isso tudo e mas um pouco ,quando eu fui e adimito que me deu um medo ,fiquei muito nervosa ,aii eu perguntei o carinha que fica la em cima ajudando as pessoas se alguem ja morreu descendo aquilo ,aii ele ,so se vc for a primeira ,rsrsrs ,aii que eu tomei coragem de iir .
    naun me arrependo ,iria me arrepender e muuuuuuuito se naun tivece ido .

    ResponderExcluir