terça-feira, novembro 30, 2010

Resultado da Enquete

Muito bem, houve um empate entre Papai Noel e Renas. Eu votei em Renas, porque elas são mutio mais bonitinhas e enfim, renas são tudo de bom! Mas elas e o Papai Noel empataram com 10 votos. Olha só essa foto:





Owwwwn!

Enfim, é isso, beijão!

Supresinha

Ai pessoal, vocês já devem ter notado que eu A-DO-RO livros, ham? Pois então, hoje eu recebei uma supresinha super boa! Quando estava voltando do colégio meu porteiro entregou-me um pacote que meu padrinho mandou, porém, quando ele me entregou (o porteiro, não meu padrinho) disse que era para minha mãe, portanto, eu deixei em cima da mesa. Então, há um tempinho atrás meu padrinho me ligou, ou melhor, ligou para o meu irmão e depois pediu para passar o telefone, e perguntou-me se eu havia recebido a encomenda. Eu, naturalmente, fiquei supresa e - só para constar mesmo, porque já havia entendido- perguntei: "Ah, era para mim?" e bom, SIM, ERA! Crianças e adolescentes não tem costume de receber encomendas, cartas, nem nada do tipo! Sendo assim, vou bem legal receber essa. Logo em seguida perguntei: "O que é?" e ele mandou eu abrir para descobrir. Minha curiosidade é de um tamanho incontável, então desliguei rápido e fui abrir. Aquele plástico sedex não me permitiu matar a curiosidade tão cedo, mas valeu a pena esperar: eram dois livros!!! E não eram dois livros quaisquers, era a primeira e terceira edição daquele livro que eu li antes, Fazendo Meu Filme. Um livro muito legal, que eu li a segunda edição, mas agora poderei ler os outros! AAAAAAH, TOTALLY HAPPY (:
Agora eu só tenho um probleminha: contentar novamente minha curiosidade. Quando o livro é bom mesmo, o difícil é parar de ler, né? Nossa, eu que o diga! Aquela uma página rapidinho vira um capítulo, que depois se duplica, e triplica, e assim se sucede... Puxa! Estou feliz mesmo, ouviu Latii? Obrigada, amei! A propósito, já estou na página 62, e não tem nem uma hora que tô lendo. Gostei muito! Para atiçar a leitura de vocês vou dizer uns livros muito bons que eu li:

  • As Irmãs Penderwick - ótimo
  • Férias & Encantos - bom
  • Sapos & Beijos - bom (da mesma série do que está acima)
  • Peter Pan - bom
  • Minha Vizinha Alice - muito bom
  • Harry Potter - ainda estou no primeiro, mas ... ótimo
  • Fazendo Meu Filme - perfeito para aqueles que apreciam um bom romance -eu!!!- ... ótimo
  • A Montanda Mágica - bom, porém, um livro muuuuito grande.
  • Nárnia - O Leão, A Feiticeira e O Guarda-Roupa. - muito bom
  • A Breve Segunda Vida de Bree Tanner - mais ou menos, prefiro livros mais verossímeis. 
  • O Pequeno Príncipe - boom
  • A Bela Adormecida - bom
  • O Diário de Uma Princesa - ótimo
Esses são os melhores. Acho que os outros que eu li eram tipo, aqueles livros pequenininhos que a gente lia em uma hora e colecionava. Um ótimo começo, aliás, foi através desses que eu aumentei a diversidade de livros. Outros livros que eu considero bons, e que fazem parte da nossa literatura são os clássicos de Monteiro Lobato. Eu tenho vários do Sítio do Picapau Amarelo, mas os melhores desses são Emília no País da Gramática, A Chave do Tamanho, Reinações de Narizinho.

Bom, é isso. Boa noite leitores!

Demi Lovato na Rehab - Vamos Passar a Limpo!

Quem já liu a nova revista da Capricho "Robsten no Brasil" provavelmente já deve ter lido o documentário sobre a Demi na Rehab. O que aconteceu foi o seguinte:

A dançarina que levou um soco de Demi.
De acordo com psicólogos especializados a Demi Lovato é uma garota muito sensível, que sofreu bullying na escola, e é como um estopim prestes a estourar. Qualquer coisinha a extressa. Foi isso que aconteceu nos ensaios para o show Live In Concert, do Camp Rock 2. O elenco chamava a diva de Demi Drama, e certo dia um grupo do elenco -incluindo a Demi- saíram para se divertir um pouco. Quando voltaram, um membro do elenco foi exigir satisfações de Demi, pedindo-lhe que explicasse porque não havia chamado o resto do elenco. Demi perdeu o controle e deu um soco na dançarina, deixando-a com o olho roxo. Depois do acontecimento ela abandonou a turnê e foi para a Rehab, diagnosticada de distúrbio alimentar, automutilação, depressão e trauma. Também houveram boatos de que Demi estava consumindo drogas já havia algum tempo. De acordo com uma amiga dela -"amiga"- a mesma viu Demi num bar fumando/cheirando maconha, e, ainda baseado no relato da 'amiga', parecia que Demi já estava acostumada a fazer isso, como se fosse um hábito. Além disso, disseram que um funcionário do bar filmou a diva dizendo coisas do tipo "Danem-se vocês, eu sou famosa e o mundo todo me ama!"

Todos sabemos que a cantora está passando por momentos dificeis, até porque estava completando um ano que ela não tinha contato com o pai, além do término com Joe Jonas, cujo boatos dizem que a diva ainda não superara, e assim, a turnê só forçou mais ainda a barra, principalmente pelo fato de Joe ter levado Ashley consigo. Demi Lovato é muito exforçada, e exigem muitíssimo dela, essa exigência foi um dos vários fatores que influnciaram ainda mais nessa recaída. Quando Demi voltar, tenho certeza que todos nós iremos recebê-la com o maior carinho, e eu espero do fundo do meu coração que ela não largue a carreira, e que continue super diva como sempre arrasando em tudo que faz, e alegrando o coração de tantos!

Tic Tac !!

Lhes peço desculpas pela minha ausência, não só no blog mas também na vida de certas pessoas, e, bom, faltei com meu respeito aos leitores. Desculpem-me. Ando com a vida bem tumultuada. Não de compromissos, nem de meras formalidades, apenas de desencontros um tanto inconvenientes. Além disso, tenho pensado muitol, Sobre as coisas em geral, cada hora algo diferente! Outro probleminha que afetou minha rotina virtual foi o fato do meu roteador ter tido algumas complicações técnicas e eu fiquei sem internet, impossibilitando minhas postagens.

O relógio bate, o tempo passa, a vida continua e a impressão que eu tenho é que só estou regressando, aliás, tempo é uma questão bem discutível, bem esquisita. Todos nos prendemos ao tempo. Cada ato que concluimos, ou concluiremos tem que ter hora marcada. Hoje em dia as pessoas não vivem sem isso. E eu que o diga! Estou sempre dizendo que não sou o tipo de pessoa que trabalha sob pressão. Talvez por isso eu seja um tanto preguiçosa, enfim, o fato é o seguinte: quando estou ocupada, estou ocupada e ponto. Quando estou dormindo, não posso falar no telefone porque estou dormindo. E mesmo qu eu não esteja ocupada, as vezes eu quero descansar depois de um dia cansativo, então, sim, eu estou ocupada (desocupadamente ocupada)! Não gosto de fazer as coisas quando não tenho vontade, e sei que isso soa bem ... ahm... como dizer, metida?! agora.. mas pensem bem: quando vocês são obrigados a fazer algo que não querem, acabam fazendo mal-feito, com preguiça, etc. Também não podemos abusar da paciência dos outros, tudo tem seu tempo. O descanso tem limite! Desde que me deem uns dois dias, dependo do assunto, eu cumpro o prazo que me propõem. Em dois dias numa boa! Desde que eu não esteja ocupada, porque daí eu me dedico totalmente a isso. Pelo menos, eu sou assim.

Acho que era isso que eu gostaria de transmitir nessa postagem que, por sinal, foi feita -o rascunho- durante a aula de redação da Whirta! Hehe. Beijinhos!!

Notícias ... Inspiração Para Escrever


Palavras me ocorrem a cabeça o tempo todo. Com isso eu quero dizer, mais que o normal. Minha atenção e concentração não dependem mais de mim, não está mais no meu poder, em minhas mãos. Quando tento voltar minha atenção para a atividade necessária, ela se desvia, e novamente se volta às palavras, aos pensamentos... É como se fosse um castigo, mas um daqueles bem tranqüilos, porque, afinal, adoro escrever e é dos pensamentos que saem a escrita. Recebo esse castigo acredito que seja porque minha mente queira me dizer algo, algo que ainda não descobri. Tento registrar os pensamentos numa folha de papel, ou até mesmo aqui, mas não dá, eles simplesmente fogem da minha cabeça assim que eu tenho um lápis em minhas mãos.  Quando escrevo coisas tristes, deprimentes... Não pensem que me sinto bem ao escrevê-las, não é isso, me sinto bem ao me expressar. Nem sempre o que escrevo é verdade, às vezes é simplesmente isso: um pensamento que me ocorre. Na maior parte das vezes sequer está acontecendo comigo, mas sei que pode ajudar algum de vocês. Sinto prazer ao escrever por me expressar, por pensar. Escrever envolve muito mais que uma folha de papel e uma caneta. Qualquer um pode escrever, e, com o tempo, adquirir experiência, mas alguns já nascem com tal experiência e nem precisam se esforçar para escrever um texto bom. Estou tentando dizer que qualquer um pode pensar, e a escrita nada mais é que pensamentos registrados.
Minha cabeça está a mil ultimamente. Penso, escrevo, penso, escrevo, penso, escrevo... Nunca consigo terminar meus textos porque cada hora penso em algo diferente, e esse é o meu castigo, não conseguir me expressar! Além disso, minha internet tem caído muito, o que não tem me permitido postar todos os dias, ou pelo menos com a mesma freqüência de antes. Peço perdão e lhes agradeço pelo interesse, pelos elogios, pelo tempo gasto na leitura de meus textos (...) Fico muito feliz ao saber que pessoas cuja eu nunca imaginaria que leriam meu blog, vem falar comigo sobre o mesmo. Inclusive pessoas que eu não conheço. Essa também é uma das vantagens que a escrita traz. Eu acho que fui adquirindo prática com o tempo, vocês podem perceber ao lerem meus primeiros textos, portanto, me considero o tipo de escritora que adquiriu experiência com o tempo. Hoje vejo muitos novos escritores-blogueiros, como eu, e vejo futuro neles. Outros não, outros sequer levam a sério. No início era assim comigo também, eu escrevia mais sobre assuntos quaisquer, como celebridades, sub-celebridades e bandas, simplesmente notícias. Com o tempo fui modificando o blog e o transformando em algo mais... eu. No meu estilo, no meu modo de escrever.
Enfim, desejo sorte a todos os novos escritores!!
Bjss

domingo, novembro 28, 2010

Ensaio do Jazz, HAIR e Praia

Então leitores, aqui estou eu! Queria pedir que vocês me mandassem ideias para o Especial de Natal (falecomigo_bobcanswim@hotmail.com) vocês podem me ajudar?? (:
Vou lhes dizer o que andei fazendo: como eu disse na postagem anterior, eu estou doente. Pelo visto a gripe me pegou de jeito! Se bem que agora estou bem melhor. Ontém (sábado) eu fui ao ensaio do jazz. Assim que cheguei lá minha amiga Júlia me pediu que fosse com ela até sua casa para pegar o livro de ciências. Como ela mora perto eu aceitei. Só teve um negócio: nós fomos correndo para não chegar atrasadas então eu me cansei muito, e ela também. Chegando na academia de novo, vi que a Jéssica tinha chegado. Passaram-se alguns minutos e logo lembramos que tínhamos esquecido nossos bichinhos de pelúcia (para fazer uma das coreografias), foi quando a Lia (prima do corrêa) perguntou se não queríamos ir até a casa dela pegar uns bichinhos emprestado. Aceitamos e depois finalmente começamos a ensaiar. Foi bem divertido, mas faltando duas horas para acabar o ensaio eu tive que sair porque eu tinha que ver HAIR. Meu padrinho foi me buscar e eu fui para minha casa, me arrumar. Quando chegamos no teatro ainda faltava uma hora para começar o musical, então demos uma andadinha pelo shopping, eu tomei fraputtino no Starbucks, enfim, aquela coisa típica. Olha, HAIR é muuuito bom. As músicas são todas aportuguesadas, e todos eles fazem aquele teatrinho, etc. Eles são todos hippies drogadões, anos 60... é bem divertido. A personagem mais engraçada é a grávida. Ela é muito engraçada mesmo! Enfim, vale a pena ver.

Hoje de manhã acordei um pouco melhor, porém, ainda sim estava com febre e dor de cabeça. O dia está lindo hoje, e eu queria muito ir a praia! Bom, foi o que eu fiz. Eu, Fernanda e Igor fomos a praia, e agora eu estou beeem melhor. Sério, praia parece até remédio para gripe. Um solzinho, água salgada... nada melhor.

Então, é isso que eu tenho feito! Beijinhos.
PS.: Gente caso vocês tenham alguma pergunta, eu criei um formspring: ask me something / ah, e twitter também: @bobcanswim

sábado, novembro 27, 2010

Doente

Hoje eu amanheci doente, acabada, dolorida... Mal conseguia me levantar, estou fraca, com dor de cabeça, dor de garganta... Get sick sucks! Ninguém merece viu? Já tomei um montão de remédio, mas meus olhos continuam ardendo. Já tentei descansar, mas só fico doendo mais. Agora estou aqui, para compartilhar minha dor com vocês. Eu tava afim de pegar uma prainha hoje, mas não vai rolar, porque os policiais mandaram todos os moradores da zona sul não saírem de casa. Só tenho um problema: hoje eu tenho ensaio geral no jazz -pelo visto vai ser um desastre com toda essa confusão- e também vou ver HAIR no Oi Casa Grande, do lado do shopping leblon. Então, bem, não sei como vai ser! Acho que o jeito é correr o risco.

Mas então, sabem aquela dor de garganta que eu tava sentindo ontem? Pois é, eu acredito que ela tenha desecadeado a gripe. Ficar gripada é péssimo, você se sente um trapo, e a vontade é de ficar deitada o dia inteiro, mas isso acaba incomodando também portanto levantamos, e dói. Sentamos, dói. Deitamos de novo, dói. Sério, não tem jeito! E vou começar a andar com uma caixa de lencinho comigo.

Agora vou almoçar -apesar de nao estar com a menor vontade- porque se eu não me alimentar vou ficar pior (mamãe que me ensinou) haahaha. OK, beijos!!

26/11

A insônia toma conta do meu corpo e mente. Hoje foi um dia que, se não me conhecesse bem, me chamaria de bipolar. Eu comecei meu dia feliz... sabe, felizinha, que não é FELIIIIIIZ, mas é um feliz. -entenderam né?- Depois fui me animando mais e mais, no recreio assinei algumas camisas, e na aula de redação me diverti abessa conversando sobre o Colégio São Bento e comida de escola com as duas Marias Claras. Chegamos a esta conclusão: na nossa cabeça, ou pelo menos, como mostram os seriados e filmes americanos, comida de colégio é particamente purê. Você come espinafre, batata, arroz e feijão tudo batido, ou seja, purê. Daí chega aquela cantineira com toquinha nojenta e joga o purê no seu prato, depois vc vai pegar o último bolinho com calda de chocolate e de repente vem uma líder de torcida e te empurra, pegando o último bolinho. *Confiram: www.marshmallowwithpies.blogspot.com * Depois tivemos a recuperação de matemática, e logo após a aula de recuperção fomos para a sala de espera onde demos umas boas risadas. Relembrando o passado-não-tão-distante contamos muitas histórias sobre nossa estadia na turma D, e olha, foi muita coisa mesmo! Nem deu tempo de falar tudo, porque se deixassem a gente ali o papo renderia até 22hrs!!! Enfim, foi bem legal!

Depois disso foi a vez da van, voltamos pra nossas respectivas casas ouvindo músicas do meu CD e choramos MUUUUUITO quando o Pedro Vitor foi embora. Então, eu e Jéssica tivemos ensaio geral no jazz, durante uma hr, nossa como foi chato -e cansativo-. Suamos muito, dançamos muito, muita energia e muita música. Depois o que predominou foi o clima chuvoso que me refrescou um pouco. Ao chegar em casa já estava com a garganta doendo depois de um longo dia desses! Assisti o filme Ponte Para Terabítia, que é um filme muito lindooo e só resultou em mais choro. No fim do filme a menina morre, é tãão triste. Chorei muito mesmo. Agora, nem sei mais o que sentir, estou apenas com vontade de me expressar, porque, afinal, através da escrita me conheço melhor. Só espero que meu sono chegue logo, passar uma noite em claro é fogo!

Queria agradecer a vocês por terem me dado a maior audiência que eu já tive durante todo esse tempo. Mais de 3mil visitas só em novembro. Sério, vocês são demais! E queria dizer que criei um formspring para quem tiver alguma pergunta a me fazer, ou só gostar de fazer perguntas: www.formspring.me/bobcanswim . A conta é nova então me desculpem, mas tem pouquíssimas perguntas! Agradeço se vocês fzerem algumas :)
Bj

sexta-feira, novembro 26, 2010

Último Dia de Aulas dos Pequenos

Olá! Hoje, o meu dia começou felicíssimo e foi piorando. Primeiro eu acordei 7hrs para receber a professora particular de matemática, Lúcia. Tive aula até as 10hrs com ela, e olha, foi uma aula beeem produtiva. Depois eu me arrumei e recebi uma noticia ruim: a Leila -motorista da van- não iria nos pegar hoje. Justo hoje que a Maria Clara ia no colégio. Justo hoje que era o último dia de aulas dos pequenos. Justo hoje que eu tinha preparado uma surpresa para a galerinha da van! Isso me arruinou, mas ... depois de uns 20 minutos ela me liga novamente dizendo que ela nos levará, sim. Fiquei feliz de novo!

Minha família -faltando algumas pessoas- para todas as horas. Amo MUITO vocês.
Na van, logo de cara eu mostrei para as pessoas o que eu havia feito para eles. Uma cartolina com parte de nossas histórias, e também o nome de todos que estiveram presentes na van durante um ano. Também gravei um CD com ótimas músicas para irmos escutando na ida e na volta. Na ida houve um probleminha: não tocou o CD, já na volta, nossa, foi uma farra. Pena que a Maria Clara não pôde voltar. Tá ouvindo Maria Clara? Tinha até Lucy In The Sky With Diamonds! Também fizemos uma dedcicatória para cada um da van, dizendo como foi bom esse ano. Eu diria que agora nem somos mais conhecidos, parceiros, ou sequer amigos, somos uma FAMÍLIA. E uma família que se ama muito, briga demais, e lhes garanto: é a família mais divertida do mundo. No começo do ano eles eram desconhecidos para mim, eram pessoas, sabe... aquelas pessoas que ao vê-las você apenas cumprimenta?! (com excessões claro) pois então, ao longo deste lindo ano, fui os conhecendo melhor, e, bom, isso tudo resultou no que somos agora: uma família grande, feliz, e adoravelmente irritante. Agora eu posso dizer que não viveria sem eles. Para provar isso, vou dizer a vocês o que aconteceu quando o Pedro Vitor, que é simplesmente o garoto mais legal que eu já conheci na minha vida, o mais engraçado, o mais extrovertido, e o garoto que eu mais amo acima de todos, - foi embora. De repente tudo veio a tona e foi como se minha cabeça explodisse com emoções: ano que vem não o veria mais. Quero dizer, claro que veria, mas não faria van com ele, não teria esse menino tão animador que, não importa o seu humor, sempre te alegra com -como diz a Maria Clara- suas primeiras piadas do dia, que ele sempre tem o imenso prazer de partilhar conosco, e sou extremamente grata a ele por isso. Ele me fez rir o ano inteiro, e hoje, me fez chorar. De repente, quando chegamos na casa dele eu disse: "Pedro Vitor, você é demais, vou sentir muito sua falta, te amo!" e a Jéssica disse o mesmo. Então, para nossa surpresa, seus olhos se encheram de lágrimas. Gente, foi a coisa mais fofa! Quando olhei para o lado já estava ele e a Jéssica se derramando em lágrimas, e não pude evitar, chorei também. E como chorei. Sem esse menino no meu cotidiano a vida volta a ser sem graça! Eu quero sushi, protex, abestados, pegadinhas do malandro, bilu bilu yeah yeah! Aposto que vocês não entenderam nada, mas é isso, o significado só tem sentido para nós, para a nossa linda família.
Eu e Jéssica tentamos dar apoio uma a outra, mas não adiantou, afinal, as duas estavam tristes demais. Ainda por cima estava tocando uma música bem depressiva que eu tinha posto no CD, parece até que eu adivinhei que aquela música ia tocar naquele exato momento. Ah, como eu sentirei a falta deles! Faria tudo, tudo que eles me pedissem, e agora terei de prosseguir nessa jornada sozinha. Ou melhor, apenas com duas irmãs. Apenas duas dos 26 irmãos maravilhosos e inesquecíveis. São duas irmãs gêmeas, minha gêmeas, Jéssica e Maria Clara. Porém, sem os outros para nos animar não sei como vai ser, não sei o que esperar da felicidade.

É isso que eu tenho a dizer. Amo vocês.

Queria dizer também que tem novas fotos na galeria. Beijão!

Ônibus Incendiados - Parte 3

96 veículos queimados, 192 presos, 25 mortos e 3 policiais feridos. Esse é o resultado que eu tenho, e a cada hora são mais. A minha rotina foi afetada hoje. Não irei de van porque minha motorista -apavorada, e com razão- achou que seria melhor não nos levar, sendo assim, irei com meu avô, de táxi. Não posso deixar de ter receio em relação à ir de táxi, de carro, de ônibus ou de van, seja lá qual for o veículo, o pavor já tomou conta do Rio de Janeiro, a situação já nem é mais de caos, já é desesperadora. Eu saí na rua ontém e, enquanto me encaminhava para casa, vi um garotinho, pobre, com roupas fuleiras, sujas e rasgadas... ele estava sentado no chão rezando. Fiquei muito intrigada, mas obviamente não perguntei pelo que ele rezava, pensei que fosse por comida, ou algo do gênero, foi quando de repente escutei ele dizendo "por favor Deus, não deixa que mais carros queimem". GEEEENTE!! Isso me tocou muito, muito mesmo.

As notícias sobre a Vila Cruzeiro já saíram por jornais de todo mundo. Inglaterra, Chile, Estados Unidos... Bom, eu temo que eles renunciem a decisão do lugar para que a Copa ocorra, eles devem estar temendo sobre a segurança, e, bom, não podemos negar. O que vocês acham, vocês acham que quando o Brasil fosse enfrentar um outro país, os nossos torcedores iam torcer normal ou iam ficar violentos e começar a bombardear os torcedores dos outros países? Eu, há um tempo atrás, poderia até dizer que os brasileiros se comportariam, mas agora... 44 armas apreendidas, 8 granadas? Sério, não sei se ainda posso confiar. Nossa reputação já é de lugar perigoso, imaginem agora, com essa confusão toda? Nignuém mais pode sair de casa! Estou muito triste..muito decepcionada, e muito prejudicada. O meu país me desapontou, meu povo me desapontou, e fez o mesmo com vocês.

Estou protestando a favor da paz!!!

quinta-feira, novembro 25, 2010

Baratas

Gente, deculpa estar postando sobre algo tão... nojento, desprezível e, bom, já disse nojento?! Acontece que eu estava na casa da minha amiga e descobri umas coisas que achei que seria interessante(mente nojento) contar para vocês. Então, antes que reclamem comigo, vou avisando: se você se traumatiza fácil e/ou tem nojo de baratas, então, Bob Can Swim - que sempre quer zelar pela sua saúde- recomenda que não leia esse artigo!

Bom, para começar, saibam que as baratas reproduzem super rápido e em enorme quantidade, sendo assim, se você ver uma barata na sua casa e não matá-la, na certa haverão mais umas 3 no dia seguinte -ou mais-. Ah, não adianta fechar a porta esperado que a barata não entre porque ela não é vertebrada, ou seja, ela consegue passar por debaixo da porta. A barata é o único animal -ou inseto- no mundo que está em todos os lugares. Com isso eu quero dizer: existem bilhões, zilhões, infinitas baratas pelo mundo afora, e, na sua casa já devem ter umas 10. Você pensa que é muito, porém, é assim que elas são. De dia você não vê nenhuma, mas, à noite elas saem da toca e, bem, "quando os gatos saem os ratos fazem a festa". Daí vem a parte mais nojenta de toodas e que pode te traumatizar: na sua vida, entrarão provavelmente umas 8 baratas na sua boca. É, eu sei que vocês não acreditam, mas isso foi provado cientificamente. Enfim, tem um lado bom: as baratas não são os insetos mais sujos do mundo. Na verdade, esse é o lugar das formigas, por isso, se você aí gosta de pegar formigas na mão para impressionar seus amigos e dizer que vc não tem medo de nada, é, você mesmo, então, pensa melhor antes de fazer isso de novo, valeu espertalhão?!

OK, espero ter conseguido enojar -?- bastante vocês hoje. Mentirinha. Boa noite, durmam bem (hahahaha).
Beijos!

A Ficha Caiu

"A gente finge que arruma o guarda-roupa, arruma o quarto, arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisa que não serve, porque ocupar espaço com coisas velhas não dá. As coisas novas querem entrar, tanta coisa bonita nas lojas por aí. Mas a gente nunca tira tudo. Sempre as esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que ainda serve. A gente sabe. Que tá curta, pequeno, apertado. É que a gente queria tanto. Tanto.

Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perca de espaço, tempo, paciência e sentimento.
Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. Deixa. Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça."

Eu sei o quão difícil é dizer adeus, e o quão difícil é dizer adeus a alguém que você gosta que você se importe, mas precisamos fazer isso. Precisamos deixar que a pessoa siga seu próprio caminho, sua própria direção. Hoje um professor disse-me que é muito mais fácil saber que ele só vai ser um simples “Professor” para a gente, que pelo menos quando todos nós formos embora ele já vai estar preparado para dizer adeus. E isso me fez pensar muito, me fez pensar de como eu fui ingrata ao dizer a deus as minhas amigas, como eu fui ingrata ao dizer adeus para as minhas manias e como eu fui ingrata ao dizer adeus aos anos que se passaram, que eu deveria simplesmente aceitar que tudo passou tudo mudou, e seguir de cabeça erguida sem simplesmente reclamar. Que apesar de tudo o que eu mais gostasse foi embora, elas foram porque tinha que ser assim, porque era o melhor para elas.

Copyright.: http://www.yourloveisadrug.blogspot.com/
Copyright.: http://www.dreamscanbe.blogspot.com/

Especial de Natal

Vou aproveitaro tempinho que eu tenho agora para postar umas coisinhas. Sendo assim, aqui vai um poeminha:

O verdadeiro sentido do natal

É contemplar o nascimento de Jesus Cristo
É crer no poder sobrenatural
É nascer da água e do espírito

O verdadeiro sentido do natal
É ter compromisso com Deus
É distanciar-se do mal
É renunciar a si mesmo

O verdadeiro sentido do natal
É doar a vida pelo irmão
É seguir um caminho diferente
É andar na retidão

O verdadeiro sentido do natal
É receber de graça a salvação
É ajudar as pessoas carentes espiritualmente
É também repartir o pão

O verdadeiro sentido do natal
É servir a Deus de todo coração
É livrar-se da idolatria
É louvar o Senhor que é digno de exaltação.

Ônibus Incendiados - Parte 2

Desculpem-me pela demora para postar, quero dizer, eu postei ontem mas... sei lá, eu costumo postar mais. O que eu quero dizer é: tenho andado muito ocupada. Dias cheios, cansativos, rotina... parece que agora, que está acabando o ano, tudo se acumula e se você não pôr isso em dia, vixe! Hoje a aula foi razoavelmente boa. A turma D e E foram juntadas e tivemos aula juntos. Eu não gosto de juntar turmas. Minha turma é minha turma, NÃO PODEMOS SEPARÁ-LA! Bom, eis um fato deprimente: eu tenho que ir me acostumando com isso. Depois, quando fui pro jazz, foi super corrido! Tinha um fotógrafo na nossa sala de aula, e ele pôs dois holofotes na sala, o que deixou ela beeeeem quente. Em cinco minutos de aula já estávamos suando abessa! -o que só fez que saíssemos feiosas nas fotos-

Uma notícia que tem apavorado todos são esses protestos que o straficantes andam fazendo! Nossa, ninguém mais quer sair de casa. Parece que nenhum lugar é seguro. É péssimo pensar que, seja lá para onde você for, estará correndo risco de ser bombardeada, ou queimada... e até mesmo em sua própria casa quem predomina é a tensão, e não a tranquilidade! Isso já está fora dos limites. Acho que foram mais de 10 ônibus queimados, mais de 12 mortos e ameaças de invasão. E pelo jeito a situação não vai melhorar tão cedo. O governo já mandou um daqueles tanques de guerra para controlar as favelas. Para esclarecer o que está ocorrendo: o governo colocou um monte de policiais nas entradas das favelas para nos manter seguros, porém, os moradores não estavam conseguindo fazer nada direito sem que os tiras confiscassem. Revoltados, os traficantes resolveram fazer vários ataques de vandalismo, e agora estão todos amedrontadas. Então perceba: o que era para nos manter seguros acabou sendo o motivo da nossa insegurança. Irônico, não acham?

Pensem naquelas pessoas inocentes que morrem. Outro dia uma garota estava em seu quarto, mechendo no computador e foi atingida por uma bala perdida. Morreu. Sério, isso é realmente necessário? Falar: "vou fazer o que tiver que fazer e as consequências que se danem" é a forma que vocês, traficantes, encontraram para oslucionar o problema? Na minha opinião, isso só vai resultar em uma coisa: prisão perpétua. E mortes. Muitas mortes inocentes. Por isso, por favor, POR FAVOR, parem com isso!

Bom, obrigada pela atenção, e, parabéns para a galera do fundamental que vai entrar de férias amanhã!
Beijinhos.

quarta-feira, novembro 24, 2010

Ônibus Incendiados

Talvez vocês já tenham ouvido sobre o assunto no noticiário ou através de amigos/pais/professores, mas mesmo assim vou explicar:
Na manhã desta quarta-feira, um ônibus incendiado em Vicente de Carvalho estava no caminho de Leonardo Falqueto e de Katia Porrozzi que, assustada, fez o seguinte relato:

"Ver esta situação é triste, viver está situação é de dar pavor, e foi assim que comecei o meu dia hoje. Quando desci minha rua em direção ao metrô, bandidos tinham acabado de fazer os passageiros saírem do ônibus e atearam fogo ao coletivo. Que pavor! Não sabia se corria com medo de explosão. A Polícia chegou superarmada, intimidando todos. Os pneus começaram a estourar, mas eu não sabia se eram tiros que vinham do Morro do Juramento. No meu pensamento só queria tentar subir a rampa que leva ao metrô. Mas, e se atirassem em mim? 
" Todos precisam de segurança: o pessoal de baixa renda, moradores de comunidades, e nós, do asfalto. Porém, nem eles nem nós estamos seguros com as UPPs "

Com a responsabilidade de ir trabalhar o sofrimento dobra. O pânico é um sentimento terrível, nem sei como tirei esta foto na hora, acuada como estava. Todos precisam de segurança: o pessoal de baixa renda, moradores de comunidades, e nós, do asfalto. Porém, nem eles nem nós estamos seguros com as UPPs. Eles, onde moram, estão protegidos, mas quando saem das comunidades passam por todo esse perigo; e nós, contribuintes, vivemos num cárcere. Cadê o planejamento da segurança do Rio de Janeiro?"
Leitores registram ataques no Rio, veja a galeria de fotos Por volta das 10h desta quarta-feira, Paulo Roberto da Silva Botelho Junior relatou que bandidos estavam queimando carros na estação de Tancredo Neves, em Santa Cruz:
"Fui conferir pessoalmente e estava tudo fechado. Segundo relatos de pessoas que vinham do local, quando bandidos jogaram combustível numa van, alguns passageiros teriam se ferido."


Bom, pelo que eu soube, essa queima de ônibus foi um tipo de "ataque terrorista", mas, como diz o Felipe, irmão da Maria Luísa: aqui no Brasil só fazem isso para dar medinho nos policiais. Não tem organização suficiente para fazer realmente ATAQUES TERRORISTAS. Como euuu disse: o Brasil é um lugar perigosamente seguro. Isto é, tá cheio de pivetes se achando pra caramba com armas -cena de arrepiar, e decepcionar- mas que, na verdade, não seriam capazes de cometer ataques. Todo santo dia ligamos o noticiário e o que escutamos são nada menos do que notícias ruins, pois hoje, além de ouvi-las, muitos brasileiros presenciaram essa situação. A queima de ônibus resultou em mortes inocentes. 12 mortes inocentes. Não sei quanto a vocês, mas para mim isso soa num tanto desapontador. Saber que o nosso país tem tantas coisas ... violentas. E pior ainda é saber que há pessoas que brincam com assuntos que não são motivo de brincadeiras: esta tarde criaram boatos de que os traficantes estavam invadindo o shopping leblon, o que fez com que vários estudantes do meu colégio, e moradores do mesmo bairro ficaram aterrorizados. Além disso, pregaram uma pegadinha deixando caixas -vazias- em praças públicas (General Osório e Nossa Senhora da Paz) fazendo com que os policiais acreditassem que fossem bombas.

OK, não posso falar muito agora então por enquanto é só. Beijinhos ;)

PS.: Além do ônibus que eu citei na reportagem acima também houveram outros 5 queimados.
Fonte: www.oglobo.globo.com

segunda-feira, novembro 22, 2010

Movimento Conciliação

Vocês provavelmente já viram um comercial falando do movimento conciliação. É um comercial aonde uma menininha de 5 anos -vestida de bailarina- está no parque com os pais (separados) e ela vai pegar um balão com o vendedor de balões. Quando ela volta para o banco do parque, senta entre os pais, e eles saem segurando a mão da filha, um de cada lado, no final, então, aparece a mensagem: promova a conciliação. Talvez vocês não tenham visto, porque, eu, por exemplo, só vi hoje. Enfim, de qualquer maneira, eu achei muito interessante, e resolvi promover.

O Movimento pela Conciliação é um programa coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), iniciado em 23 de agosto de 2006. Conta com a participação de tribunais de todo o país, na esfera estadual, federal e do trabalho. O objetivo do programa é a divulgação e o incentivo à solução de conflitos por meio do diálogo, com vistas a garantir mais celeridade e efetividade à Justiça.


Nesse sentido, o Movimento pela Conciliação já executou diversas ações, entre as quais: parcerias com entidades representativas de classe, com empresas públicas e privadas e com órgãos públicos; criação de centrais de conciliação; realização de cursos técnicos e de mutirões conciliatórios no âmbito dos tribunais.

Como vocês podem ver, o governo está falando sobre um assunto específico: 'luta' pela guarda do filho após separação de cônjuges. Isso é muito comum, acontece com 60% dos casais. Eu tenho consciência de que isso não deveria ser algo para se falar tão... naturalmente, porque, afinal, é muito decepcionante, não? Bom, o objetivo principal do movimento é fazer com que as pessoas conversem antes de convocar um juiz. Gente, a conversa é algo muito importante. As vezes tudo foi uma besteirinha ou um simples engano e as pessoas dão um ataque e logo se precipitam, por isso, conversem! E, se for algo realmente sério, se separem -só se for realmente necessário e não houver possibilidade alguma de perdoar- mas, caso tenham filhos, não precisa ficar brigando na justiça, sigam esses conselhos:
-Conversem primeiramente com o filho de vocês, e peça a ele/ela uma opinião, pergunte qual é sua preferência. Obviamente, se você falar tudo de cara: "Filho, mamãe e papai vão se separar: você quer guarda compartilhada ou não?" o seu filho vai começar a chorar e vai dar tudo errado. Vá aos poucos.
-Depois de ouvir a opinião da pessoa mais importante -seu filho- então vocês conversem e pensem em um acordo.
-Acho que uma aprendizagem interessante seja essa: Jesus disse - perdoai não sete vezes, mas setenta vezes sete; isto é, perdoe quantas vezes forem necessárias.

Esse assunto todo rolou em torno de um tópico: separação. Acontece que a conciliação não é aplicada apenas neste caso, é importe se reconciliar em todas as situações, afinal, quem gosta de brigar? Sério gente, não briguem com seus amigos, seus pais, seus namorados (as), e nem mesmo com seus inimigos. Tem gente que acha que se pedir desculpas vai estar sendo fraco -essa é a maior besteira que eu já ouvi- FALA SÉRIO! Fraco nada! Vai estar sendo é esperto!  Bom, o caso não é esse, o fato é que: já não basta toda essa violência que vemos pelas ruas? Já não basta o número de crianças morando nas ruas, passando fome, porque foram expulsas de casa? Quantas amizades vocês terão de perder até aprender que a reconciliação é a etapa mais importante para uma vida (e relação) saudável?

Obrigada pela atenção.
Atenciosamente,
Maria Eduarda.

domingo, novembro 21, 2010

Fanáticos por Futebol / Brownies / Aparelho

Oi! Nossa, vocês não tem noção de quanto tempo eu levei para conseguir pensar num assunto para escrever! Hoje eu fui na casa do Bernardo e quando estávamos lá, começou o jogo do fluminense x são paulo ... o Bernardo é tricolor, então nem preciso dizer que ele nos obrigou (eu e Duda) a vermos o jogo com ele, e, como se não bastasse, com a camisa do fluminense. Olha, foi uma gritaria! Lá no prédio deles tem muito adolescente então, bom, era só marcar gol que eles saíam gritando pela janela que nem uns doidos! Acho que futebol e religião devem ser as duas coisas pelas quais as pessoas mais discutem. Quero dizer, religião nem tanto, futebol é mais! Eu sei que todos vocês já ouviram comentários como "nossa, mais um menino tão esperto como você tem que ser botafoguense" ou "uma garota tão bonita como você tem que ser vascaína, não é possível!" Enfim, a discussão é grande! Mas, o que eu sempre digo e continuo apoiando é o respeito à opinião dos outros. Claro que a pessoa pode torcer para o seu time, mas sem esguelar o indivíduo que nõa concorda com você. Jogo no maracanã -e em outros estádios- tem que ter até guarda montado à cavalo separando as duas torcidas! Que isso?! Gente, isso é só um esporte, é futebol, não entendo o por que de tanto escândalo! Sério mesmo, vocês tem que aprender a se controlar. Ah, e para a Laura, que me mandou um e-mail perguntando meu time: Laura, eu não tenho time. E não pretendo ter. Não tenho preconceito nenhum, apenas não sou fanática por futebol, não torço e NUNCA fui assistir jogo em estádio. Devido a minha não-fanatice, não vi por que ter time, simplesmente para ficar sendo zuada -ou vangloriada-? Desculpa, prefiro ficar sem time mesmo. Uma coisa que vocês tem que entender é que existem coisas mais importantes que futebol, e se vocês resolverem não ser amigos de pessoas que não são do mesmo time que o seu, então, desculpe, mas você perderá grandes amizades porque cada um tem seu time, há uma quantidade absurda de pessoas que preferem flamengo do que vasco, vice-versa, e, bom, isso vale para os outros times também! Conclusão: respeitem a opinião dos outros.

Sabe o que mais eu fiz hoje? Brownie! Quer dizer, estou fazendo, tá no forno agora. Obrigada Cláudia, me inspirou! Eu sempre fiz brownie, tá, sempre não, mas desde o ano passado. A mamãe fica pedindo para eu fazer de vez em quando, e eu faço, mas hoje foi excessão: o desejo foi meu. Fiz brownie com tudo que tem direito, e perambulei pela rua um tempinho até achar um mercado aberto para comprar farinha e nozes. No lugar de nozes eu botei castanha de caju porque, bom, eu ia ter que moer as nozes e estava com muita preguiça, então, comprei a castanha de caju que, além de ser gostosa, já vem pequenininha. Botei também passas, a pedido do meu irmão. E, bom, o resto foi o básico. Falando no meu irmão, ele cismou que queria me ajudar a fazer, só tem um problema: ele não sabe fazer nada. Então eu pedia para ele fazer coisas simples como: jogar a casca de ovo fora, encher a caneca de açúcar, e misturar. Bom, ele não sabe misturar ainda, por isso, eu tive que interromper para conseguir misturar sem que a cozinha ficasse infestada de chocolate em pó. Só espero que fique bom! Mas tenho quase certeza que vai ficar, porque, afinal, já tive tantas experiências com brownie e todas deram certo. Teve uma vez que eu confuindi farinha de trigo com farinha de rosca, e pus farinha de rosca no brownie, olha, tooodo mundo achou que ia ficar péssimo, mas, no final, ficou até gostoso!

E, bom, ontem eu coloquei o aparelho móvel. Eu uso em cima e em baixo, não necessariamente o dia todo,e ele é roxinho *-* Eu não gosto muito de usar aparelho, mas entre o móvel e o fixo: COM CERTEZA O MÓVEL! Bom, é isso por hoje.

Ah, quase me esqueci: estou postando umas fotos novas lá na galeria. Inclusive tem fotos do casamento. Confiram!

Beijinhos :)

Enquete

Harry Potter - 10

Rony Weasley - 5
Hermione Granger - 16
Alvo Dumbledore - 4
Sirius Black - 5
Draco Malfoy - 0
Você-Sabe-Quem - 1
Neville - 1
Snape - 1

Vem cá, quem votou no Voldemort? Bom, meus parabéns à Hermione Granger, e à Emma Watson, que, para mim, são a mesma pessoa! Emma não é nada sem Hermione e Hermione não é nada sem Emma. Enfim, como se já não bastasse a esperteza de Hermione, ela também é a mais querida personagem da saga de bruxinhos!

Beijo.

sábado, novembro 20, 2010

Dia da Consciência Negra

Eu sei que muitos de vocês não dão a mínima se é feriado ou não, porque, na cabeçinha de alguns de vocês, feriado é só quando se perde aula/trabalho. Bom, de um jeito ou de outro, vou fazer uma postagem sobre isso para ver se vocês se informam um pouco mais sobre a cultura do nosso país.

Esse feriado foi especialmente criado para nos lembrar da resistência dos negros, desde o primeiro transporte de africanos para o Brasil. A data coincide com a morte de Zumbi dos Palmares (lembraram das aulas de história, ou já esqueceram tudo?)

Bom, Zumbi dos Palmares era o líder do Quilombo dos Palmares -que vocês também não devem se lembrar o que é- ... o Quilombo era uma comunidade para os escravos negros que conseguiram escapar das fazendas, prisões e senzalas brasileiras. O Quilombo dos Palmares era extremamente grande (se comparado a outros quilombos). Ele ocupava uma área mais ou menos equivalente à Portugal, e, naquele momento, ele abrigava cerca de 30 mil fugitivos.


Zumbi nasceu em Palmares, ele foi entregue a um missionário português que o ensinou latim e português, além disso, recebeu sacramentos. Apesar das tentativas de aculturá-lo, Zumbi conseguiu escapar,e com quize anos retornou a seu local de origem. O governador cansado do longo conflito com o Quilombo de Palmares, se aproximou do líder de Palmares, Ganga Zumba, com uma oferta de paz. Foi oferecida a liberdade para todos os escravos fugidos se o quilombo se submetesse à autoridade da Coroa Portuguesa; a proposta foi aceita, mas Zumbi rejeitou a proposta do governador e desafiou a liderança de Ganga Zumba. Prometendo continuar a resistência contra a opressão portuguesa, Zumbi tornou-se o novo líder do quilombo de Palmares. Então o governo português solicitou os serviços de Domingos Jorge Velho, que organizou a invasão do quilombo. A unidade foi destruída, e Zumbi ferido. Depois de ter sobrevivido, foi traído por Antonio Soares. Apunhalado, resiste, mas depois não consegue evitar a morte. Teve a cabeça cortada, salgada e levada ao governador Melo e Castro. Em Recife, a cabeça foi exposta em praça pública, visando desmentir a crença da população sobre a lenda da imortalidade de Zumbi. -trágico-

Um tempo depois, houve uma declaração do governador: "Determinei que pusessem sua cabeça em um poste no lugar mais público desta praça, para satisfazer os ofendidos e justamente queixosos e atemorizar os negros que supersticiosamente julgavam Zumbi um imortal, para que entendessem que esta empresa acabava de todo com os Palmares."

O dia da consciência negra então, é basicamente, um dia que celebramos -seja lá qual for sua 'raça'- a força dos negros, sua resistência, e por fim, sua vitória, com a Abolição da Escravatura.

Espero que tenha sido uma boa aulinha de história para vocês, queridos leitores! Beijão! Feliz feriadoo!

Deixa Fluir (...)

Tudo isso dói. Mas eu sei que passa, que se está sendo assim é porque deve ser assim, e virá outro ciclo, depois. Para me dar força, escrevi no espelho do meu quarto: 'tá certo que o sonho acabou, mas também não precisa virar pesadelo, não é?' È o que estou tentando vivenciar.

Certo, muitas ilusões dançaram - mas eu me recuso a desde absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperaças acesas, como velas. Também não quero dramatizar e fazer dos problemas reais monstros insolúveis, becos-sem-saida. Nada é muito terrível. Só viver, não é ?

A barra mesmo é estar viva e ter que se desdobrar, batalhar um jeito qualquer de ficar numa boa. O meu tem sido olhar para dentro, devagar, ter muito cuidado com cada palavra, com cada movimento, com cada coisa que me ligue ao de fora. Até que os dois ritmos naturalmente se encaixem outra vez e passem a fluir. Porque não estou fluindo (...)

sexta-feira, novembro 19, 2010

Árvore de Natal


Muitas histórias são contadas sobre a origem da árvore de Natal, mas tudo indica que sua origem é tipicamente alemã. Hoje, ela é um dos símbolos mais expressivos do Natal e as crianças aguardam ansiosas para ajudar os pais a enfeitá-la com flocos de algodão, fitas, luzes e bolas coloridas. Segundo a lenda, a árvore é a representação de Jesus, que é o tronco, e nós somos os ramos. As bolas e as luzes coloridas representam os frutos por ela produzidos, indicando a nossa caridade e generosidade.

Harry Potter: Final Chapter

É isso aí, hoje eu vi Harry Potter e as Relíquias da Morte! É hoje também que acaba o especial Harry Potter,e  volta o Especial Natal. Eu digo e repito: vale a pena assistir HP7! Eu não segui o conselho do Bragança, e fui na estréia. Olha, é emocionante mas... enfim, a sessão fica LOTADA de gente estúpida! E com estúpida eu quero dizer: pessoas que ficam batendo palma para o Voldemort, e dando gritinhos histéricos a cada vez que um personagem aparece, e inclusive, ficar fazendo aquela corrente de "shh", tããão irritante! Ou seja, NÃO vá na estréia. Mas devo dizer que foi ótimo. Tinham várias e várias pessoas vestidas com trajes de Grifinória, com varinhas, e tinha uma menina que havia levado o chapéu seletor! Nossa, tava que nem uma convensão harrypotteriana.

Agora, falando sobre o filme: como os diretores diziam, é adrenalina o tenpo todo. Você chora, você ri, e, bom, principalmente pula da cadeira. Eu não vou contra a história porque senão estraga TUDO, mas quando o Dobby morre, é a coisa mais fofa -e triste- de todas. Sério, e ainda teve esses trouxas -literalmente- que ficaram batendo palma! O filme acaba justamente na hora que você fica pensando 'e agora??' ... ou seja, te deixa com aquela vontade irresistível de ver o próximo. O Harry tem várias visões assustadoras, e como sempre, ele vê Voldemort. Ele não chega a duelar com aquele-que-não-deve-ser-nomeado, mas... chegam muito perto. Ele beija Gina (um beijinho bem sem graça, admito) e... bom, Hermione novamente usa sua sabedoria para preparar uma poção polissuco. Se você assistir ao filme, descobrirá oq ue são as Relíquias da Morte, obviamente. Não sei se devo dar uma prévia ou não, acho melhor não. Quero todos info pro cinema com cicatriz falsa na testa! Para finalizar, aqui vai uma lista com todos os feitiços: http://www.potterpedia.org/category/feiticos?snap=A

Beijão!



 

Harry Potter

Então gente, é hoje, 6hrs da tarde, vou presenciar o maior fenômeno do mundo mágico. Espero que não tenham pessoas irritantes conversando durante o filme, porque assim dá até para viajar no mundo da magia, e sair desse mundo trouxa -que me frustra completamente- ..

Hoje eu vou ver HP7, algo que eu tenho falado durante tanto tempo. É hoje também que acaba o Especial Harry Potter -aaaaaaaah :( - e voltarei com o Especial Natalino -eeeee!!!- falando em especial de natal, confiram o blog do Bragança, tá fantástico: http://www.pordentrovirtual.blogspot.com/

Voltando ao assunto: eu espero de tudo nesse filme, porque sei que os atores se esforçaram muito para que a saga tivesse um fim incrível, porque assim, ninguém nunca esquecerá o bruxinho -e os bruxinhos- que marcaram a história da humanidade (ou quase isso).

Ahn.. bom, eu só espero que vocês curtam muito o filme, porque, nossa, vai ser fantástico! Deixa eu ir avisando: não tem sessão no shopping leblon, mas tem no cinema leblon. OK? Muito bem, agora vou indo pessoal! Beijão!

quinta-feira, novembro 18, 2010

Harry Potter 7, é amanhã!!!

Vou aproveitar que estou animadíssima para escrever, e fazer uns comentários. Espero que todos vocês estejam tão animados quanto eu, porque, afinal, AMANHÃ ESTRÉIA HP7! Eu, particularmente, estou extremamente ansiosa! Hum... só uma coisa pode estragar esse movie perfect: se a Mara Clara não for comigo e com a Jéssica. Olha, foi ela que me inspirou, foi ela que me fez gostar de Harry Potter, se ela não for não terá a menor graça, sério. (20:20) Por isso, Maria Clara,s e estiver lendo isso, por favor, vai. Eu te imploro! Além disso, eu vou levar feijõeszinhos pro cinema, e suco de abóbora! (ambos são pééssimos).

E também quero que vocês vejam essas declarações dos atores sobre o filme:







O evento será épico gente, tô falando!
PS.: Odeiooo (não gosto nem um pouquinho) de alergia! rrrr
Beijão,
Bob Can Swim

Indicação: www.mariaclaramiguel.blogspot.com

Filas, Demora, Lerdeza, AHH!

Acho que todos vocês já tiveram que entrar em uma fila, ou tiveram que lidar com a lerdeza de alguns novatos, né? Aff, é muito chato! Mas... temos que compreender e ter calma, sempre. (Sei que é difícil, mas.. né...)

Hoje eu fui pagar a mensalidade do jazz e, bom, a moça que me atendeu era nova lá, devia ser sua primeira semana, por isso,e la não sabia mecher no programa do computador para registrar o pagamento. Então, ela ficou meia hora só para achar meu nome no registro, por fim, quando jurávamos que agora era só assinar e ir embora, ela não tinha salvo! AAAAAAAAAAAAAAAAAH! Chegou a outra atendente -que já está lá há um tempão- registrou o pagamento num instante, assinei e fui embora. Porém de qualquer forma eu tive de esperar uns 25 minutos, com colã -admito que não é comfortável- e calor. Como ela era nova, devemos entender o erro, porque, afinal, todos erramos. Bom, eu penso assim, mas na hora eu não estava pensando muito nisso. A moça até me perguntou "você tá com muita pressa?", daí eu respondi um 'não' como se tivesse suuuuper calma. (algo que não era bem verdade)

Eu também não aguento ficar em filas. Não importa o quão agitada eu esteja, se tiver que encarar uma fila muito grande eu fico numa impaciência que vocês nem imaginam. Começo a ficar fazendo aquele "aaah" de quem tá entediado, sabe? Então, o faço constantemente, aleém de ficar me encostando em todas as paredes que vejo pela frente -mas estou tentando parar por causa do meu padrinho, né?-
Lá na Disney, por exemplo, tem fila para tudo, ainda mais em julho! Eu fui em setembro, mas mesmo assim, foi fogo! Claro que vale a pena, mas a vontade é de coprar fast pass em TODOS os brinquedos.

Finalmente, para encerrar o assunto, queria dizer que criei um caderno de frases de filmes. Me inspirei no livro 'Fazendo Meu Filme', onde a garota faz isso, e farei também. Eu nem ia, mas comecei hoje, porque tava vendo 'o casamento do meu melhor amigo' e enfim, criei. Por enquanto só tem uma frase: "Desista, garota. Não se ganha tudo na vida." ; o sentido dessas frases não é, tipo, só para ter, elas servem como conselho, como tudo! Espero que possam me ajudar um dia desses.
Agora tenho que ir fazer minha redação sobre galochas que a Whirta pediu. -whirta é a professora de redação- .. beijão!

Dudinha.

Novidades

Estou muito feliz. Não tenho um motivo específico, simplesmente tenho estado com um excelente humor ultimamente. Além disso, sabe quando -mesmo que tudo esteja dando errado- parece que o mundo todo conspira à seu favor, e que -mesmo ninguém gostando de você- você se sente amada? Estou assim. Estou apaixonada. Não por alguém, pelo contrário, estou ótima solteira, mas, estou apaixonada pela vida, por tudo.

Agora que já lhes contei meu humor, vou lhes dizer minhas ações recentes: ontém eu fui para a recuperação, (foi bem legal) depois eu e Maria Luisa fomos à casa dela, estudamos história (ela precisa de nota) e, bom, fomos para a Cultura (curso de inglês, para quem não sabe). A aula foi bem divertida, nós assistimos a alguns vídeos no final da aula, de pessoas estúpidas -nunca pensei que pudessem haver tantas no mundo-

Então, à pedido do Lopes, fomos a casa dele buscá-lo,e  então finalmente: minha casa. Lá vimos Harry Potter e a Ordem a Fênix, e depois o Lopes foi embora. A Maria Luisa dormiu na minha casa. Foi muito legal, sabe, garotas, juntas, nossa, é uma bagunça que só vendo! Meu irmão -como sempre- atapalhou um pouquinho, mas no fim deu tudo certo.

No dia seguinte houve um problema, apenas um, mas um DAQUELES! A Maria Luisa tinha esquecido de trazer o uniforme, então tinha que dar um jeito de deixá-la em casa antes da hora do colégio. Bom, óbvio que não deu certo. Mas, deu certo de outra forma. Não vou contá-los, mas, enfim, não foi necessário levá-la até a casa dela.

Meu avô nos levou ao colégio. Nós fomos de ônibus, por ser mais rápido. E, olha, nem vem com preconceito! Ônibus é ônibus, eu estou contribuindo para o meio ambiente andando em transportes coletivos enquanto vocês aí ficam de carrinho particular! :P Mas isso não é importante -só a parte do meio ambiente- o importante é que, uns 5 minutos depois que entramos no ônibus, adivinhem quem aparecer lá na porta do mesmo ônibus, para ir pro Colégio? A LILIANE! (professora de inglês). Ahn... eu a cumprimentei, e ela retribuiu, depois falou "nossa, achei que estivesse atrasada mas pelo visto estou na hora!" Enfim, tá, constranja...

Agora estou vendo "O Casamento do Meu Melhor Amigo" esperando chegar a hora de ir pro jazz.

Bj

quarta-feira, novembro 17, 2010

HP7 - Luto

Como toooooooodos sabem - e quando eu digo 'todos' eu falei, tipo, literalmente todos - vai estreiar HP7, o capítulo final. Sim, eu sei que a crônica será dividida em dois filmes, o que é bom, porque dessa forma ao menos vamos prolongar a presença do nosso bruxo favorito. Realmente o sentimento é de luto, de tristeza. Não haverá, daqui para frente, aquela animação de contagem regressiva para ir ao cinema, ver a estréia de mais um filme da saga. Porque agora, acabou. Mas saibam do seguinte: isso não importa. Milhões de meninos e meninas ainda nascerão, e lerão esses contos apaixonantes e mágicos. Harry Potter nunca será esquecido, nem para nenhuma criança do mundo, nem para os atores. Se meu irmão ver algum filme que Emma Watson -por exemplo- atua, ele provavelmente vai dizer "olha lá a Hermione", mesmo que o tal filme não faça parte dos contos de Harry. E assim será durante muitos anos, chego a cogitar senão para sempre. Eu sou um bom exemplo disso. Conheço Harry Potter desde os 6 anos, mas admito que aos 6 anos morria de medo do Voldemort, do Sirius Black, e daquele suspense de quando Harry -sempre enfrentando todos os temores- ia atrás da coisa (ou de alguém) cuja não deve ser seguida, procurada. Quando o Harry dava um de corajoso -e ele é- e resolvia enfrentar cobras gigantes, assassinos em série, aquele-que-não-deve-ser-nomeado, entre todos mais. Sério, eu tinha medo, e não posso fazer nada a respeito. Lembro-me muito bem que o primeiro filme que eu vi da saga era 'Harry Potter e a Câmara Secreta', e desde então nunca mais vi nenhum, porque fiquei traumatizada. Mas agora estou crescida, não vejo da mesma forma -obviamente-. Então, desde que fui ao Wizarding World Of Harry Potter -o lugar mais próximo de Hogwarts que você pode ir- me apaixonei completamente. Meio atrasada, confesso, mas é isso que estou dizendo: não a época, nem idade certa para se apaixonar por esses bruxos, pelo contrário, eles atravessaram décadas, e assim continuará, por muito e muito tempo.

Estou extremamente triste porque em HP7, morre o Fred, o Dobby, e pior, A EDWIGES! Cara, eu amo a Edwiges, e ela morre! :(

terça-feira, novembro 16, 2010


Animados tanto quanto eu? Hum... não, impossível, estou MUITO animada.

Eu me sinto diferente

"Eu me sinto diferente. Deixei de querer me esconder atrás da minha mãe a cada vez que uma situação exige que eu tome uma decisão, aprendi a entender melhor os meus sentimentos e agora eu sei que o medo nunca deve nos impedir de tentar o que quer que seja. A coragem sempre é recompensada. E, quanto maior é a ousadia, melhor é a realização. Antes era como se eu tivesse dentro da barriga da minha mãe, tudo muito comfortável e seguro. Agora sinto que nasci, o começo foi difícil, tive que aprender a andar,a falar, a andar sozinha, a me relacionar. E agora essa partida, de certa forma, me passa uma sensação de morte, embora eu saiba que é uma morte como a da lagarta, que parece petrificada em seu casulo antes de virar borboleta e poder ver a mesmo vida de antes, com outra percepção, com outros olhos. Não sei o que me espera, mas aprendi que a felicidade é uma opção. Ela mora em todo lugar. Basta que a gente permita que ela nos faça companhia.  Devemos dar uma chance a felicidade onde quer que estejamos."

"Existe uma coisa deliciosa em escrever as primeiras palavras de uma história. Você nunca pode dizer exatamente aonde elas irão te levar. As minhas me trouxeram aqui." (Miss Potter)

Fazendo Meu Filme

Gente, ontém e hoje eu me dediquei totalmente à leitura. Não leitura em geral, para falar a verdade, uma leitura específica. Eu comprei um livro chamado "Fazendo Meu Filme 2". É um romance. Aff, muito bom! Me A-PAI-XO-NEI. O livro tem umas 330 páginas, por aí, li em dois dias. Ou devo dizer, um dia e meio. Vidrei completamente e esqueci do mundo. Nem fui na recuperação hoje! (não foi por causa do livro, antes que vocês pensem que eu sou louca); Super recomendo para as garotas que gostam de um bom romance. Olha, mas não vale a pena ler o final antes do início, quase morri de curiosidade a cada página, porque todas as palavras são uma ansiedade só, mas não li o final, e olha, valeu a pena ler até a última palavra, porque, ui, lindo! Tinha umas horas que eu começava a ler rápido demais, comendo algumas palavras, na esperança de que terminasse logo, bom, agora terminou, e tudo que eu tenho a dizer, é: amei!!!

A história é contada por uma garota de 16 anos que ai fazer intercâmbio na Inglaterra, mas na festa de despedida -quando ela ainda está no Brasil- seu melhor amigo a beija, e os dois se apaixonam. Mesmo nessas circunsâncias ela viaja, e ela fica lá durante um ano. Enquanto está lá ela faz muitos amigos, e se acomoda super bem na nova casa, com sua nova família temporária. Ela faz uma amiga na turma que por coincidência também é brasileira, e depois de um tempo ela conhece um garoto que mora lá, que também é brasileiro. Na tentaiva de tentar esquecer a paixão pelo seu melhor amigo -que estava fazendo com que ela sofresse (a história é complicada)- ela começa a namorar esse menino super lindo e muito cavalheiro. Mas isso não bastou para ela, não conseguira esquecer seu amor no Brasil, então terminou com o menino, que ficou extremamente triste mas depois teve um final feliz. E, bom, o resto vocês só descobrem lendo. Muuuito bom, devorei o livro. Agora vou comprar o terceiro livro da série, e depois eu volto a ler Harry Potter, que eu to encanada a dois meses no primeiro livro. Não me perguntem como, vai ver é porque eu tô lendo em inglês, e demora mais.

Bom, é isso! Ah, esqueci de comentar: a menina do livro é colecionadora de DVDs, e ela cita o bruxo umas 6 vezes no livro. Isso sem contar com vários outros trechos de filmes. Realmente fantástico!

Beijo!

Museu do Harry Potter

Um museu dedicado a Harry Potter está prestes a ser aberto no Reino Unido, numa estratégia da Warner Bros, que quer manter uma base fixa na Grã-Bretanha. Assim, o grande estúdio de Hollywood será a primeira companhia americana a ter uma base fixa britânica. A Warner espera que o museu vire uma atração turística lucrativa, embora ele não tenha o clima de um parque temático (como o aberto ha pouco em Orlando, na Flórida, também dedicado ao bruxo). O museu terá objetos de cena de todos os filmes, bem como vestuário, cenários, as criaturas mostradas nos filmes e bonecos de cera dos personagens.
De acordo com Emma Watson - atriz que interpreta Hermione Granger - o objeto que, se ela pudesse, ela tomaria posse seria o vira-tempo, usado no filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, para evitar a morte de bicuço, o hipogrifo, salvar Harry do Prof. Lupin, que virara um lobisomem, depois para salvar Sirius dos dementadores,e por mim, libertar Sirius Black da alta torre de Hogwarts. De acordo com Emma, eles vigiam os objetos para que nenhum suma, por causa do museu.

Eu acho que os atores tem o direito de pegar uma lembrança do filme, mas ter esse museu vai ser fantástica, não é mesmo?

Beijo.

Saudade

*Dedicado à uma pessoa muito especial*


Recentemente eu descobri que saudade não é como eles descrevem nos livros e filmes. Pelo contrário, saudade é horrível. Dói, dói, e só para de doer quando esquecemos o motivo da saudade. Agora me diz, como farei isso? Esquecer você é mais difícil que qualquer coisa no mundo, porque eu te amo mais que qualquer coisa no mundo. Mesmo que eu quisesse te esquecer, não conseguiria porque tudo me lembra você. Eu aprendi tudo ao seu lado, eu experimentei tudo desfrutando da sua compania, ... Lembro da primeira - e única - carta que eu recebi na minha vida. Foi sua. (: Nós morávamos em condomínios vizinhos mas mesmo assim isso não era suficiente para matar a saudade. Estudávamos no mesmo colégio e mesmo assim isso não era suficiente para matar a saudade. Imagine agora, que moramos super longe, em colégios diferentes? O mundo acabou. O meu mundo acabou. Porque meu mundo era nada menos que, vc. Portanto, saudade dói, destrói, e mata. Sei disso porque estou morrendo por você.

segunda-feira, novembro 15, 2010



Reparem que para todos os bruxos, Dumbledore bate 'palmas' delicadamente,e para Harry, não. Assista e vc entenderá; beijos!

Harry Potter


Bom, alunos, primeiro eu gostaria de lhes dar boas vindas! Todos vocês já compraram suas varinhas? Ótimo. A professora McGonagall vai encaminhar-lhes ao chapéu seletor, cuja vai lhes dizer a qual casa pertences.

Agora falando sério. Eu enterrompi o especial de natal porque na sexta-feira, dia 19, VAI ESTREIAR HARRY POTTER E AS RELÍQUIAS DA MORTE! Portanto, eu acho um tanto justo e legal se eu apresentar um especial Harry Potter. Prazer, sou Hermione Jane Granger. (quem dera).

Eu vou por alguns vídeos do Harry aqui, além de resumos dos filmes. Vou dizer para vocês como é o gosto de cerveja amanteigada, sucode abóbora e os fantásticos feijõeszinhos de todos os sabores. Por isso, é só esperar! Valeu? Então, agora eu vou indo porque Harry Potter e a Câmara Secreta me chama!

Medos

Eu estava pensando... quando éramos pequenos tínhamos medos de coisas que não existiam, tínhamos medo de coisas que não eram assustadoras e até mesmo tínhamos medo de alguém, alguém conhecido. Por isso, talvez, nós todos precisássemos (?) de um bichinho de pelúcia. Era como um refúgio, como um esconderijo secreto. Junto do seu bichinho era como se fôssemos imortais, ou imunes a qualquer força negativa. Eu lembro de que, quando pequena, não andava de forma alguma pela casa durante a noite. Se eu o fizesse, me dava uma sensação desesperadora de que alguém estava a me seguir. Olhando para todos os lados, não havia ninguém. Mas... infelizmente, isso não bastava, a sensação ainda me perseguia. Se tivesse com sede, e tivesse que ir até a cozinha, eu ia correndo e voltava correndo, e ao chegar no quarto, ofegante, abraçava meu bichinho de pelúcia, como se ali, estivesse a salvo. Alguns, até hoje, recorrem a um refúgio. Provavelmente não um bichinho de pelúcia, mas uma luz acesa na hora de dormir, ... Todos temos medo de algo, e conforme a idade, esse medo vai mudando. Quando vc tem 3 anos, vc tem medo do vilão de 'lazytown', com 6, vc tem medo fantasmas, de sombras, da solidão ou do escuro. Aos 9, o medo já mais desenvolvido, tem haver com situações reais. Pode ser de coisas realmente assustadoras como... não sei, assassinos. Ou então de um simples ladrão. E, aos 12, acho que o medo é de coisas mais mortíferos, mais mórbidas. Não tenho certeza do que tenho medo. Ainda tenho que descobrir. Eu sei que hoje em dia, a noite, quando abro a porta da cozinha, sempre lembro do medo que tinha. Lembro do quão afobada eu ficava, pois não queria ficar muito tempo naquele lugar, simplesmente por causa de uma impressão estranha e irreal. Agora, ao abrir a porta calmamente e silenciosamente para que minha mãe não acorde, vou com calma, e as vezes até rio do quanto eu era boba, mas quer saber, até que não era tão besta assim, pelo menos não parecia, na época... Agora eu sei que mesmo não me apegando à um bichinho de pelúcia, sempre terei algo a me apegar, e nunca me envergonharei disso, porque, afinal, todos tememos algo.

domingo, novembro 14, 2010

Bullying - Famosos Afirmam

Oi gente! Acabo de assistir a Harry Potter e a Pedra Filosofal. Nossa, como eu amo aquele sotaque britânico! Continuando, hoje eu me irritei um pouco com certas pessoas, pelo mesmo motivo que eu citei nesta postagem, mas eu resolvi que não vou mais me importar, porém eis o seguinte: essa pessoa que está me desgastando tanto poderia ter o mínimo de decência e parar com essas atitudes esdrúxulas. E falsas. Percebam que não estou citando nomes. (22:22)

Enfim, vou mudar de assunto senão isso vai me extressar. Todos vocês provavelmente devem saber que eu sou totalmente contra o bullying, e que eu considero atitudes racistas, ou diferenciais, agressivas, e estúpidas em relação à outro indivíduo indefeso um tremendo ultraje, pois bem, vou seguir minha campanha contra o bullying mostrando que, além de todas as "ordinary people" que sofrem bullying, os famosos também sofrem, ou já sofreram. Talvez isso lhes dê um pouco de esperança. Porque, não importa o quão humilhado você é, não importa o quanto te agridem, ou te ofendem... um dia você poderá brilhar.


Taylor Swift


A nossa diva country também sofreu bullying! Em entrevista à revista Women’s Health, Taylor disse que era considerada uma garota “estranha” no colégio. “Eu ia me sentar com elas no intervalo, e elas levantavam e iam para outra mesa.” Em vez de sair com os amigos nos finais de semana, Swift participava de concursos de karaokê e cantava em cafés. Ela descarregou essa angústia escrevendo músicas. “Eu escrevo quando estou frustrada, com raiva, ou confusa. Descobri que havia uma maneira de filtrar esses sentimentos em algo positivo.” Ainda bem!

Bom, primeiro eu gostaria de saber por que a Taylor Swift é considerada uma 'diva country', ela se quer canta country (pelo menos não que eu saiba). E, esse lance de 'me sentava com elas na hora do almoço e elas levantavam e iam para outra mesa', é só comigo ou isso soa um tanto como coisa de filme? E... em terceiro lugar: finalmente descobri de onde vem tantos CDs e  faixas bônus. Hehe. Mas não falei essas coisas duvidando de sua história, pelo contrário, acredito que ela realmente tenha sofrido bullying, porque, afinal, quase toda criança nerd/esquisitinha/isolada/excluída tende a ser bem esperta e às vezes até mesmo famosa no futuro, concordam? #FicaDica

Justin Timberlake


O cantor e ator sofreu bullying na escola porque seus braços “eram muito longos.” Ele, que dublou um geek no Shrek 3 e está no filme “A Rede Social”, sobre a criação do Facebook, disse ao jornal USA Today que, quando adolescente, “era atormentado o tempo todo. Tinha uma acne terrível e um cabelo estranho.”

Um comentário: Porque os braços dele eram muito longos? -WTF- Tá, mas de qualquer forma, se você aí, lendo esse post, sofre bullying por causa de braços longos e acne, não esqueça de quem és, pois afinal, um dia você poderá encontrar um Justin Timberlake dentro de você!

Chris Martin (Coldplay)


O vocalista da banda Coldplay tem uma história curiosa sobre bullying. Ele era atormentado por um valentão do colégio porque preferia tocar violão e piano em vez de praticar esportes. Certo dia, Chris Martin estava andando com sua esposa, a atriz Gwyneth Paltrow, e encontrou o tal do bullie. “Ele sempre me dizia que eu não seria nada na vida”, Chris comenta.

Com uma pontinha de sentimento de vingança, o cantor de “Clocks” perguntou para o ex-colega o que ele estava fazendo da vida. “Me senti muito bem perguntando isso. Ele não fazia nada de mais. Aí me virei e disse: ‘Essa é minha esposa, Gwyneth’. Ele ficou com o rosto corado e estava muito envergonhado”.

>< É isso aí Chris! Mandou bem! PS.: Clocks é demaaaais!

Justin Bieber

Bieber disse que o assunto é “muito sério” e que afeta a todos diariamente. Sabe qual conselho que ele deu? “Existem muitos bullies por aí. E acho que você deveria, principalmente se você souber de alguém que está passando por isso, com certeza deveria fazer algo para ajudar, porque você pode ser o próximo. Todo mundo vive situações de bullying. Todo mundo, inclusive eu”, disse o cantor.

Olha gente, Justin Bieber pode (ou não) ser gay, mas se ele for, realmente vai fazer diferença? Só porque ele é famoso vocês vão se importar, existem tantos homens gays por aí, e vocês ficam sendo preconceituosos! Não importa se a voz dele é fina, se ele não tem pelo no peito ou se ele não tem namorada. Eu não sou fã do Justin Bieber, mas isso não me dá direito de xingá-lo, e vocês também não tem esse direito. Liberdade de expressão tem limite, por favor!

Miley Cyrus

Para se ter uma ideia, Miley já foi trancada no armário durante a aula. “Elas me prenderam lá e fiquei batendo na porta até machucar meus pulsos. Ninguém veio”, escreveu a cantora em seu livro “Miley Cyrus: Miles To Go”, em português “Hannah Montana e Eu”. “Fiquei mais ou menos uma hora presa, esperando alguém me ajudar, e pensando o quanto minha vida estava arruinada.”

Esse é outro fato de filme hollywoodiano, mas quer saber, deixa pra lá, ser trancada no armário? Qualé! Isso é o cúmulo, não? Sinceramente, se fosse comigo, já teria reagido há um bom tempo, mas compreendo.

Jéssica Alba

“Sofri muito bullying no colégio. Meu pai tinha que me levar para eu não ser atacada. Lanchava na sala das inspetoras para não ter que me sentar com as outras garotas. As pessoas me incomodavam o tempo todo porque eu era diferente e não me encaixava. Além de ser de mestiça de várias raças, meus pais não tinham dinheiro, então nunca tive roupas bonitas ou uma mochila legal. Eu não era rebelde, não ia fumar com as outras garotas ou saía à noite aos 13 anos.” > “Hoje sou forte porque, quando criança, nunca revidei. Tentava guardar tudo pra mim porque não queria baixar meu nível ao dos bullies. Fico muito mal por cada adolescente que está sofrendo por aí. Eu já senti isso. Sei o quanto dói e o quanto isso te afeta.”


Olha, eu discordo apenas em um ponto em relação à Jéssica: ela diz que agora é forte porque quando criança nunca revidou. Quando eu falo em revidar, não digo, em me rebaixar ao nível deles, eu digo, tomar uma atitude: enfrentá-las, dedurá-las à diretoria e dessa forma, evitar que outras crianças também sofram.

Joe Jonas

"Se há algum jeito de parar com isso, nós temos que começar a pensar nisso. E tudo começa com você, na sua escola e na sua comunidade. Nesse mundo é muito fácil odiar, mas devemos sempre nos lembrar que fomos escolhidos para viver juntos."

É isso que devemos nos lembrar: o ser humano precisa de compania para viver. Preciso de alguém para conversar, senão enlouquece. Precisa de alguém no extremo frio que possa lhe aquecer, senão congela. Precisa de alguém quando sentir-se amedrontado, para que lhe acalme. Sabendo disso, porque, me digam, porque fazer bullying?

Demi Lovato


Segundo a própria nunca sofreu nenhum mal trato fisico, no entanto viu o seu nome manchado por diversos boatos que eram lançados sobre ela, para além disso várias eram as críticas maldosas sobre a sua aparência.

Demi não conseguiu lidar com todo este clima de instabilidade e “gozo”, que se sentiu obrigada a abandonar a escola, para começar a estudar em casa, com a sua melhor amiga Selena Gomez (também ela vitima de Bullying).

Viram isso? Ela largou a escola por causa de bullies, A ESCOLA! Sinceramente, como essas pessoas podem se sentir bem fazendo mal a alguém? Que coisa mais doentia! Você que comete bullying pode não estar lidando com nenhum desses famosos que eu citei anteriormente, mas pode estar lidando com um futuro famoso (a) que mais tarde, irá dar a volta por cima e você, você será apenas um adulto(a) com um passado medonho e monstruoso, não sei nem como conseguirá se olhar no espelho de manhã! Pff!

Então, gente, depois de deixar meu recado, digo adeus: Adeuuus! E desejo a vocês uma boa noite, e para todos aqueles que sofrem bullying, uma dica: não se deixem abalar por esses 'assholes', pois vocês darão a volta por cima, disso eu tenho certeza. Procure ajuda, quem sabe conversar com seus pais? E... se estiver sofrendo bullying virtual, a polícia aceita denúncias. Caso você não queira se abrir com nenhuma dessas pessoas, pode mandar um e-mail para mim, estarei sempre disposta a dar meus conselhos e opiniões: falecomigo_bobcanswim@hotmail.com Obrigada. Tchau!