domingo, novembro 21, 2010

Fanáticos por Futebol / Brownies / Aparelho

Oi! Nossa, vocês não tem noção de quanto tempo eu levei para conseguir pensar num assunto para escrever! Hoje eu fui na casa do Bernardo e quando estávamos lá, começou o jogo do fluminense x são paulo ... o Bernardo é tricolor, então nem preciso dizer que ele nos obrigou (eu e Duda) a vermos o jogo com ele, e, como se não bastasse, com a camisa do fluminense. Olha, foi uma gritaria! Lá no prédio deles tem muito adolescente então, bom, era só marcar gol que eles saíam gritando pela janela que nem uns doidos! Acho que futebol e religião devem ser as duas coisas pelas quais as pessoas mais discutem. Quero dizer, religião nem tanto, futebol é mais! Eu sei que todos vocês já ouviram comentários como "nossa, mais um menino tão esperto como você tem que ser botafoguense" ou "uma garota tão bonita como você tem que ser vascaína, não é possível!" Enfim, a discussão é grande! Mas, o que eu sempre digo e continuo apoiando é o respeito à opinião dos outros. Claro que a pessoa pode torcer para o seu time, mas sem esguelar o indivíduo que nõa concorda com você. Jogo no maracanã -e em outros estádios- tem que ter até guarda montado à cavalo separando as duas torcidas! Que isso?! Gente, isso é só um esporte, é futebol, não entendo o por que de tanto escândalo! Sério mesmo, vocês tem que aprender a se controlar. Ah, e para a Laura, que me mandou um e-mail perguntando meu time: Laura, eu não tenho time. E não pretendo ter. Não tenho preconceito nenhum, apenas não sou fanática por futebol, não torço e NUNCA fui assistir jogo em estádio. Devido a minha não-fanatice, não vi por que ter time, simplesmente para ficar sendo zuada -ou vangloriada-? Desculpa, prefiro ficar sem time mesmo. Uma coisa que vocês tem que entender é que existem coisas mais importantes que futebol, e se vocês resolverem não ser amigos de pessoas que não são do mesmo time que o seu, então, desculpe, mas você perderá grandes amizades porque cada um tem seu time, há uma quantidade absurda de pessoas que preferem flamengo do que vasco, vice-versa, e, bom, isso vale para os outros times também! Conclusão: respeitem a opinião dos outros.

Sabe o que mais eu fiz hoje? Brownie! Quer dizer, estou fazendo, tá no forno agora. Obrigada Cláudia, me inspirou! Eu sempre fiz brownie, tá, sempre não, mas desde o ano passado. A mamãe fica pedindo para eu fazer de vez em quando, e eu faço, mas hoje foi excessão: o desejo foi meu. Fiz brownie com tudo que tem direito, e perambulei pela rua um tempinho até achar um mercado aberto para comprar farinha e nozes. No lugar de nozes eu botei castanha de caju porque, bom, eu ia ter que moer as nozes e estava com muita preguiça, então, comprei a castanha de caju que, além de ser gostosa, já vem pequenininha. Botei também passas, a pedido do meu irmão. E, bom, o resto foi o básico. Falando no meu irmão, ele cismou que queria me ajudar a fazer, só tem um problema: ele não sabe fazer nada. Então eu pedia para ele fazer coisas simples como: jogar a casca de ovo fora, encher a caneca de açúcar, e misturar. Bom, ele não sabe misturar ainda, por isso, eu tive que interromper para conseguir misturar sem que a cozinha ficasse infestada de chocolate em pó. Só espero que fique bom! Mas tenho quase certeza que vai ficar, porque, afinal, já tive tantas experiências com brownie e todas deram certo. Teve uma vez que eu confuindi farinha de trigo com farinha de rosca, e pus farinha de rosca no brownie, olha, tooodo mundo achou que ia ficar péssimo, mas, no final, ficou até gostoso!

E, bom, ontem eu coloquei o aparelho móvel. Eu uso em cima e em baixo, não necessariamente o dia todo,e ele é roxinho *-* Eu não gosto muito de usar aparelho, mas entre o móvel e o fixo: COM CERTEZA O MÓVEL! Bom, é isso por hoje.

Ah, quase me esqueci: estou postando umas fotos novas lá na galeria. Inclusive tem fotos do casamento. Confiram!

Beijinhos :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário