quinta-feira, novembro 25, 2010

Ônibus Incendiados - Parte 2

Desculpem-me pela demora para postar, quero dizer, eu postei ontem mas... sei lá, eu costumo postar mais. O que eu quero dizer é: tenho andado muito ocupada. Dias cheios, cansativos, rotina... parece que agora, que está acabando o ano, tudo se acumula e se você não pôr isso em dia, vixe! Hoje a aula foi razoavelmente boa. A turma D e E foram juntadas e tivemos aula juntos. Eu não gosto de juntar turmas. Minha turma é minha turma, NÃO PODEMOS SEPARÁ-LA! Bom, eis um fato deprimente: eu tenho que ir me acostumando com isso. Depois, quando fui pro jazz, foi super corrido! Tinha um fotógrafo na nossa sala de aula, e ele pôs dois holofotes na sala, o que deixou ela beeeeem quente. Em cinco minutos de aula já estávamos suando abessa! -o que só fez que saíssemos feiosas nas fotos-

Uma notícia que tem apavorado todos são esses protestos que o straficantes andam fazendo! Nossa, ninguém mais quer sair de casa. Parece que nenhum lugar é seguro. É péssimo pensar que, seja lá para onde você for, estará correndo risco de ser bombardeada, ou queimada... e até mesmo em sua própria casa quem predomina é a tensão, e não a tranquilidade! Isso já está fora dos limites. Acho que foram mais de 10 ônibus queimados, mais de 12 mortos e ameaças de invasão. E pelo jeito a situação não vai melhorar tão cedo. O governo já mandou um daqueles tanques de guerra para controlar as favelas. Para esclarecer o que está ocorrendo: o governo colocou um monte de policiais nas entradas das favelas para nos manter seguros, porém, os moradores não estavam conseguindo fazer nada direito sem que os tiras confiscassem. Revoltados, os traficantes resolveram fazer vários ataques de vandalismo, e agora estão todos amedrontadas. Então perceba: o que era para nos manter seguros acabou sendo o motivo da nossa insegurança. Irônico, não acham?

Pensem naquelas pessoas inocentes que morrem. Outro dia uma garota estava em seu quarto, mechendo no computador e foi atingida por uma bala perdida. Morreu. Sério, isso é realmente necessário? Falar: "vou fazer o que tiver que fazer e as consequências que se danem" é a forma que vocês, traficantes, encontraram para oslucionar o problema? Na minha opinião, isso só vai resultar em uma coisa: prisão perpétua. E mortes. Muitas mortes inocentes. Por isso, por favor, POR FAVOR, parem com isso!

Bom, obrigada pela atenção, e, parabéns para a galera do fundamental que vai entrar de férias amanhã!
Beijinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário