sábado, novembro 13, 2010

Por que eu escrevo

Olha gente, eu adoro meus leitores, mesmo. Aqueles que eu conheço, aqueles que eu não conheço... Para mim, é uma realização saber que há pessoas que admiram o que eu escrevo. Mas não se pode agradar a todo mundo, e isso eu descobri este ano. E estou conformada. Eu não escrevo para ter platéia, escrevo porque gosto, escrevo porque amo. Escrevendo eu não finjo nada, sou sempre eu mesma, e quando vacilo, desrespeitando minha própria filosofia e a opinião dos outros, eu peço desculpas e refaço. Me importo com a opinião dos leitores, obviamente, mas eu não mudarei o meu blog, ou minha escrita, só por causa dos leitores. Quando eu criei o blog, eu pensei em uma página na web onde eu pudesse expressar meus sentimentos, minhas opiniões sem cansar as mãos. Com o tempo fui ganhando platéia, e fico lisongeada quando alguém vem até mim e me elogia, ou elogia meu blog.

Só quero deixar claro que se eu mudar radicalmente meu modo de escrever, ou se eu perder o respeito pela opinião dos outros, eu mesma vou notar. Não é uma ou duas críticas que vão me fazer desistir. Justamente porque não se pode agradar a todos. Também queria deixar claro que eu sou justa, quando eu me inspiro em alguém, em algum blog, em alguma coisa, eu digo. Vocês podem ver minhas postagens, quando eu tirei ideia de algum outro lugar eu digo. Mas eu não copio e colo as coisas para fazer meu blog, sou eu que o faço. Eu o criei, eu o fiz. Eu o faço todos os dias. Acredito que tenho criatividade suficiente para isso, não preciso imitar. Não estou citando nomes, mas quem sabe, sabe. Não quero ofender ninguém, desculpe. Mas quando me copiam, eu fico chateada, sim, mas não vou reclamar porque não preciso disso. E se tivesse que reclamar, não o faria publicamente, porque isso não é certo. Mas enfim, só estou sendo sincera.

Falando em postar todos os dias. Olha, por experiência própria, eu sei que postar todos os dias dá pouca audiência, porque, quando vc posta raramente, e escreve bem, as pessoas ficam com mais vontade de ler, só que, bem, eu não sou assim, não consigo deter minha vontade de escrever. E essa é só mais uma prova de que não escrevo para os outros, mas sim, para mim mesma. E decorrendo disso, eu acabo envolvendo os leitores, o que me deixa bem feliz (:

É isso, foi uma postagem-recado, ok? Beijo :* Brigada a todos aqueles que leem e gostam do meu blog - sempre.

2 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAI, FICOOU MUITO BOM. É ISSO AÍ BURCHARDT, ESCREVER PORQUE AMA! NÃO PORQUE OS OUTROS QUEREM! ESSA É A FILOSOFIA ;D

    ResponderExcluir