segunda-feira, dezembro 27, 2010

Ano Novo

Como vocês viram, o design do blog mudou. Agora não estou mais em clima natalino, estou preparada para o Ano Novo. Eu acredito que o Ano Novo exige uma preparação mais árdua. Tanto psicologicamente, quanto modasticamente.O ano novo tem toda uma simbologia complexa, que na maior parte das vezes seguimos. Aquela história de pular 7 ondinhas, usar roupas brancas e jogar lírios para Iemanjá. O Ano Novo não deixa de ter uma certa melancolia, né?! Aquele ar de deixar pra trás, desapegar e esquecer. São três coisas que, para realizar, temos que fazer que nem bandeide: tira rápido que dói menos. E depois guarda tudo na memória, nas lembranças longínquas e bem vagas. Mas deixe que elas se tornem possível de recorrer a qualquer minuto, nunca se sabe! O fato é que, no ano novo, apesar de todos terem um espírito de comemoração e festa, estão com a cabeça longe, perdida em outra dimensão das lembranças, sejam elas boas ou ruins. Não sei se isso é válido para vocês, mas com certeza é para mim.

Agora tenho que ir, beijos!

5 comentários:

  1. Esse negócio de jogar lirios é supertição ou macumba, mas não é bom isso não...Só porque as pessoas fazem n quer dizer que é certo

    ResponderExcluir
  2. Não faz parte do catolicismo

    ResponderExcluir
  3. Gostei do design do blog! Legal

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Já tinha percebido, mas não tinha tido tempo de comentar. Independente destes comentários com intolerância religiosa, gostei muito deste "post", pois cada um deve ter liberdade para comemorar a chegada do ano novo como se sentir melhor. O ano novo, pelo menos psicologicamente, é uma chance de recomeçar, de fazer de novo e melhor, de encontrar a sonhada felicidade... E para isso as pessoas buscam estas "ajudas" como você citou: pular sete ondas, comer lentilha, usar roupa branca... As crendices e superstições fazem parte da cultura popular, são comuns a todos os povos. O dia de Iemanjá, aqui no Rio, é 15 de agosto, pois ela é sincretizada com Nossa Senhora da Glória. Oferendar Iemanjá, no ano novo, é um costume que nasceu no Rio e se propagou para o restante do país. É praticado não só por umbandistas e candomblecistas, mas por pessoas de outras religiões também. Ao invés de dizer macumba o certo é Umbanda, que é uma religião como todas as outras só que nascida no Brasil.

    Bjs

    Lati

    PS: Quero aproveitar para esclarecer que Iemanjá recebe palmas e rosas brancas, e rosas de um rosa bem clarinho. Os lírios brancos são para Oxalá; e os lírios amarelos ou rosas amarelas para Oxum.

    ResponderExcluir
  5. Nossa... Devo confessar que perdi toda a minha credibilidade com esses comentários. Eu realmente não sabia disso tudo. Ah, eu tinha eesquecido o nome das flores e falei lírios, mas agora q vc me lembrou vou corrigir. Realmente, o design ficou bem legal, e foi fácil de fazerr! Eu concordo que devemos respeitar as superticoes, cada um acredita em uma coisa e devemos respeitar isso.

    Obrigada pelos comentários, beijo

    ResponderExcluir