quarta-feira, dezembro 15, 2010

The Rain



A chuva cai e vai molhando meus sonhos
Chuva severa e fria, dolorida e penetrante.
Vai encharcando minha alma pelo caminho,
Em seu cair, corre de forma perene, incessante.
 
Quieto, ponho-me em abrigo, sem lamentar...
Desfruto do calor de um lugar maravilhoso,
O meu coração canta e eu volto a sonhar.
Permito-me um sorriso largo e venturoso.
 
E para mim é como se fosse um desafio,
Em minha mente crio campos verdejantes,
Anoitece cada estrela brilha ao seu feitio,
 
Os pirilampos bailam em vôos alucinantes.

Porém, este é um mundo que tenho agora...
Eu quero habitá-lo, colorindo meu dia a dia,
Quero trazê-lo para fazer parte da minha vida,
Como a chuva incessante, caindo lá fora.

2 comentários: