quarta-feira, dezembro 15, 2010

Videogame

DS, Wii, ou seja lá qual for... Todo videogame tem uma espécie de mensagem subliminar que te faz querer jogar mais videogame (estou chutando, não deve ser isso mesmo). Eu não tenho DS nem Playstation, mas tenho Nintendo Wii. Já teve épocas em que eu era mais viciada... Zerei o Mario Kart, e talz... Depois disso nunca mais joguei, e o meu irmãozinho substitui meu lugar. Agora é ele que fica lá 24hrs por dia tentando matar um sapo com chifres (?). O problema é que quando eu estou vendo ele jogar, começo a ficar nervosa quando ele perde vidas, e acabo pegando o controle dele. Então eu estou lá, quase terminando o nível, e morro. Aaaah, que raiva! Tem que voltar tuuuudo de novo. Não aguento! Depois disso eu devolvo o controle para ele e vou fazer outra coisa, tipo agora, postando sobre isso.

O que acontece é que o videogame te faz querer mais e mais, não acaba nunca! E se vc zerar, tem mais fitas/CDs para jogar! É um mundo infinito onde qualquer um poderia passar a vida inteira, mas seria doentio. Acontece que existem pessoas assim, que passam o dia inteiro nesse mundo paralelo sem nem ver a luz do sol. Isso é triste, mesmo. Tudo tem limite, valeu?!

Lá no colégio tem uma galera -com poucos integrantes- que levam o Nintendo DSIXL (?) e ficam jogando no recreio; Já outros tem um hábito melhor: jogam xadrez. O mesmo acontece com a televisão -mudando de assunto um pouquinho- tem crianças e até adultos que assistem tanta televisão que perdem a noção da realidade. Precisamos sempre manter um equilíbrio entre: televisão, computador, videogame e atividades ao ar livre.

Não peçam videogames de natal, peçam roupas de banho para ir na praia, peçam cestas de piquenique para relaxar com os amigos, peçam barracas para acampar. Não sei, vocês pedem o que quiserem, mas fujam do mundo virtual! Não tanto, continuem acessando o blog! Haha. Agora é sério, no máximo uma câmera fotográfica para registrar bons momentos, OK?!

Beijinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário