quarta-feira, fevereiro 02, 2011

Partindo

Tenho medo do futuro, porque sei que nele seguirei sem você. Nós sempre soubemos que teria fim, mas não imaginávamos que seria tão difícil. Não houve aviso prévio de que você existiria em mim dessa forma tão única; também não sabia que seria aquele que curaria meu coração de dores incuráveis. Em momentos, cheguei a sentir raiva de mim mesma por me permitir te amar assim, mas hoje apenas consigo pensar em alguma forma de congelar o tempo e ficar o máximo possível em seus braços. Você - que me salvou de mim mesma - partirá, e serei jogada novamente num mar de solidão, apenas com a lembrança como companhia de dor. Nesses momentos me pergunto: Porque as pessoas entram em nossas vidas, se elas terão que partir?
(BoaNoiteCinderela, Gabriela S. Santarosa)

2 comentários: