sábado, março 05, 2011

Não mais.

"É possível encontrar a felicidade nas horas mais sombrias, se a pessoa se lembrar de acender a luz." - (Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban)

Eu sempre te disse que exageros são mais que necessários na nossa vida. Não sei se fiz correto ao te  dizer isso, mas pelo menos, essa é a idéia que eu tenho. Não podemos exagerar no exagero, mas podemos exagerar na simplicidade. O que seria uma boa história sem suas pequenas mentiras?! Porém não cabe a mim dizer o que é certo ou errado. Pelo menos, não a você. Mas de uma coisa eu tenho certeza: a vida é curta. O mundo pode ser muito grande, caber muitas pessoas, mas não é com eles que você deve se preocupar. E sim, com você. Disse tudo isso, mas para você não bastou. É cansativo, desgastante, e complicado. Talvez isso tudo valha a pena, mas eu sinceramente não sei. Depois de 12 anos, aprendi que não devemos confiar nos outros, o segredo deixa de ser segredo a partir do momento que você conta para alguém, e o tempo não pode ser recuperado. Contudo, eu não quero isso para mim. Não entendo, e nunca entendi porque tenho que lidar com coisas que ainda não estou pronta para enfrentar? Até agora, eu me saí muito bem, mas chega um momento em que você diz: chega. Não vou mais brigar, gritar, me espernear, na esperança de que você me ouça. Não quero. Ou você entende, ou então a minha vida se torna impossível. Mas eu aprendi a me valorizar, e por isso não vou me desgastar. Não mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário