sábado, abril 09, 2011

Mel e Max

Continuando a história inacabada da minha gata... Ela ainda está se recuperando, mas ocorreu tudo bem na cirurgia, e adivinhem! Adotei outro gato, filhotinho, liiiindo de morrer, chamado Max. Tá, eu sei que vocês devem estar me achando uma doida por gatos, e devem estar achando também que eu vou ser uma velha com 24 gatos na minha casa quando eu envelhecer, haha, mas não. É que gatos são uma coisa tão fofinha, gente! #morrocomafofuradeles

O problema é que não foi o melhor momento para adotar outro gato, afinal, a Mel ainda etsá se recuperando, ou seja, ela tá cheia de dor. E gatos são territoriais, né? Então quando outro gato invade o território deles, eles se sentem ameaçados, por isso, a Mel tá enlouquecendo e rosnando sem parar toda vez que vê o Max, aí tem que manter os dois longe um do outro, enfim, é uma loucura! Só que eu acho que em um mês eles devem se adaptar e eu tenho esperanças de que se deêm bem, néé?! Eu espero. Porque por enquanto eu tenho medo até de deixar eles sozinhos em casa, vai que a Mel ataca o Max, já pensou? Nossa.

Haha, tá bom, chega de gatos por hoje. Beijoos!

Um comentário: