quinta-feira, abril 14, 2011

Ódio no Coração

Sei que você me odeia, sei que tem raiva de mim... Mas quero que saiba que não guardo rancor de você. Não importa o que aconteça. Você vive achando que eu estou tentando te prejudicar, mas na verdade, estou apenas vivendo a minha vida. Juro que nunca quis te fazer mal algum! Nunca tentei roubar nada que fosse seu, e, já parou para pensar que talvez, só talvez seus amigos me achem legal porque eu realmente sou, e não porque eu finjo para tentar pôr eles contra você. Você não entende que eu não perderia - em nenhuma circunstância - meu tempo fazendo uma burrice dessas! Mas você fez isso, e fez contra mim. Porém não entendo porquê! De qualquer forma, te perdoô. Só sugiro que reveja melhor os seus atos, porque assim, talvez, as pessoas passem a te ver também como uma pessoa legal, simpática e divertida. Enquanto você guarda ódio no coração, só conseguirá ser amarga com os alheios. Pense nisso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário