sábado, abril 09, 2011

Segredos

O problema é confiar demais em você, acreditando ser sua melhor amiga, e depois, depois de já ter me aberto com você, descobrir que você não é confiável. E pior que isso, é que, no final das contas, sobra para mim, porque não é você que vai ficar com fama de mentiroso, chato, fofoqueiro... Mas, injustamente, serei eu. Não achei justo, pois ao contar algo para uma pessoa, espero que aquela pessoa seja o meu diário, entende? Só que melhor, um diário que me diga o que fazer. Por isso escolhi você, porque você me parecia legal, e eu achava que você era meu melhor amigo... Mas então percebi que você não é um diário, porque os diários tem cadeados, aos quais só eu tenho poder de abrir, mas você... Não posso te controlar. Eu esperava que você se controlasse, mas não foi capaz. Tudo bem, já me mostrou quem você verdadeiramente é. Me mostrou a versão real, e devo dizer, me machucou muito o que vi. O bom disso foi que aprendi uma lição: um segredo deixa de ser segredo a partir do momento que você o conta para alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário